11/11, dia de procissão, ganso assado e carnaval | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 11.11.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

11/11, dia de procissão, ganso assado e carnaval

Lendas ligadas a São Martinho deram origem a tradições que ainda permanecem vivas na Alemanha. Elas estão ligadas ao 11 de novembro, data em que o santo que não queria ser bispo foi enterrado, há 1600 anos.

default

'São Martinho' é a principal figura nas procissões infantis

O 11º dia do 11º mês do ano é especial na Alemanha. Nesta data (e ao longo de toda a semana) são realizadas procissões infantis de São Martinho (St. Martin). Também é o dia da abertura da chamada "quinta estação do ano" nas cidades da Renânia, uma das poucas regiões da Alemanha onde o carnaval é uma festa.

Com fantasias coloridas, música, alegria e cerveja, as pessoas vão às praças centrais das cidades para, pontualmente às 11h11, declarar aberta a temporada da folia. Outra tradição, a de comer ganso assado, está ligada à vida de São Martinho.

Algumas fontes dizem que São Martinho nasceu em 316, outras mencionam o ano 336. Mas a data de sua morte está documentada: 8 de novembro de 397. Como o bispo de Tours morreu durante uma viagem, levou três dias até que seu corpo fosse levado à cidade francesa, onde foi enterrado na catedral, em 11 de novembro.

A lenda do manto e as procissões infantis

A vida do santo foi um tanto movimentada. Nascido em Panônia, hoje Hungria, entrou para o exército romano aos 15 anos. Em Amiens, na França, teria acontecido a cena que deu origem a uma das lendas, e que é representada nas procissões. No rigoroso inverno de 334, cruzou o caminho do santo um mendigo.

Laternenumzug am Sankt Martinstag

Crianças em uma procissão de São Martinho em Erfurt

Martinho, que estava a cavalo, cortou seu manto em dois com a espada, dando a metade ao pobre para que não morresse de frio. À noite, Cristo teria aparecido a Martinho em sonho, trajando a metade do manto. Desde então, São Martinho foi venerado como a personificação da virtude cristã de amor ao próximo.

Já a partir de uma semana antes do 11 de novembro, escolas e jardins-da-infância alemães entram em grande atividade nas aulas de arte, pois é preciso preparar as lanternas que as crianças fazem e portam nas procissões na Alemanha. Como elas ocorrem a partir das 17 horas, quando começa a escurecer, é preciso iluminar o caminho. "Lá em cima brilham as estrelas, cá em baixo brilhamos nós", canta a garotada. Um São Martinho a cavalo e com manto é outro requisito indispensável.

O hábito das procissões teria surgido na Vestfália em 1910, em substituição ao costume das crianças de sair de casa em casa pedindo doces. Isto, porém, não acabou totalmente e ainda hoje é uma diversão sair em grupo, tocar campainhas, cantar canções, esperando umas guloseimas de recompensa.

A lenda que levou os gansos ao forno eterno

O verdadeiro Martinho batizou-se, tornou-se sacerdote e fundou um mosteiro. Em 371 sagrou-se bispo de Tours, o que na verdade não queria, tamanha era a sua modéstia. Levado a Tours com um subterfúgio, Martinho escapou e foi se enconder junto a gansos. Estes não calaram o bico e fizeram tal escândalo, que acabaram delatando a sua presença. Aí não teve jeito, São Martinho recebeu a mitra de bispo.

Vogelgrippe Gänse

Gansos 'pagam o pato'

Desde então, na Alemanha, os gansos 'pagam o pato' por traidores. Desde novembro até o Natal, ganso assado é um prato festivo que não pode faltar. A carne é servida acompanhada de repolho roxo, bolas de massa de batata ( Klösse) e maçã assada.

Agricultura, servos e costumes pagãos

Abater gansos em novembro, contudo, não é necessariamente um costume católico. Em sua origem está um velho costume rural, ligado tanto às necessidades do calendário agrícola como a tradições pagãs. Em muitas propriedades, abatia-se parte dos animais porque já não se podia soltá-los nas pastagens e a ração era muita cara. Despedir-se do verão e do outono, antes da chegada do inverno, era motivo de festas pagãs, onde o ganso já aparecia como prato principal.

Martinsgans Gänsebraten

Gansos assados - prato consumido desde o início de novembro até o Natal

"Os gansos gordos eram os primeiros a serem abatidos", explica a etnóloga Christiane Cantauw. "Era também a última possibilidade de comer à vontade antes do Advento", acrescenta, explicando que inicialmente esta época – de jejum e penitência antes do Natal – abrangia seis semanas. Um Advento de quatro semanas, como dita o costume romano, só se impôs posteriormente.

Desde a Idade Média, o 11 de novembro é uma data especial, pois era quando se pagava o arrendamento de parcelas – o que, curiosamente, se manteve até hoje. Também era o dia em que os servos recebiam seu pagamento e podiam mudar de senhorio, segundo Manfred Becker-Huberti, do Arcebispado de Colônia e autor de um livro sobre costumes e lendas em torno de São Martinho.

O significado da data também se nota num fato histórico: o sistema de servidão – que tem suas semelhanças com a escravidão – foi abolido na Prússia em 11 de novembro de 1810.

Carnaval, cachaça e um número cabalístico

Já o significado da data para os foliões está mais ligado à numerologia. O grito de carnaval é dado às 11 horas e 11 minutos do dia 11/11. Na Alemanha, um número constituído de algarismos repetidos é chamado de Schnapszahl , algo assim como o número de cachaceiro. Não há festejo carnavalesco na Alemanha sem se beber umas e outras.

Christiane Cantauw vê nisso uma possível ligação entre o carnaval e Santo Martinho. Aliás, ele é o patrono dos donos de bares, como também dos alfaiates, mendigos e dos que se recusam a fazer o serviço militar por razões de consciência.