Veja quais são as áreas de ″segurança altamente volátil″ em Cabo Delgado | Moçambique | DW | 14.05.2021

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Veja quais são as áreas de "segurança altamente volátil" em Cabo Delgado

Quase um terço dos distritos de Cabo Delgado têm situação de segurança considerada "altamente volátil". Mapa de agências humanitárias regista 30 eventos violentos em março - uma média de quase um incidente por dia.

Quase um terço dos distritos de Cabo Delgado já são áreas de difícil acesso - com "situação de segurança altamente volátil". A informação consta no "Mapa de Acesso" da província, feito por Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA, na silga em inglês), Projeto de Localização de Conflitos Armados e Dados de Eventos (ACLED, na sigla em inglês) e Programa Alimentar Mundial (PAM).

A província de Cabo Delgado tem 17 distritos. O mapa feito em abril estabelece que os distritos de Palma, Mocímboa, Muidumbe, Macomia e Quissanga formam juntos uma área de "situação de segurança altamente volátil". As agências recomendam que as operações humanitárias na região tenham "planeamento de segurança detalhado e negociações intensivas".

A imagem gráfica abaixo é uma adaptação da DW África do mapa das organizações humanitárias.

Infografik Karte Cabo Delgado Mozambik PT

Imagem gráfica baseada no mapa de acesso montado por OCHA, ACLED e PAM

A violência no mês de março

Da região assinalada por OCHA, ACLED e PAM, apenas o distrito de Muidumbe não tem acesso à costa. Segundo o mapa, em março de 2021, a província teve 20 ocorrências de "violência remota" ou "violência contra civis" – uma média de um incidente a cada 36 horas.

Dez confrontos foram registados no mês de março, um a cada três dias.

No total, foram 30 eventos entre ataques e confrontos, cuja maioria teve lugar nos distritos de Nangade e Palma.

Segundo o mapa das agências, toda a área da província que é considerada de "segurança altamente volátil" tem vias distritais vistas como inacessíveis e raramente usadas pelo tráfego civil devido a "importantes incidentes" e "preocupações de segurança".

Assistir ao vídeo 02:18

Cabo Delgado: Pemba espera por mais deslocados de Palma

Leia mais