Trinta anos de trabalhadores contratuais moçambicanos na Alemanha | Moçambique | DW | 24.02.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Trinta anos de trabalhadores contratuais moçambicanos na Alemanha

No dia 24 de Fevereiro de 1979 os governos da República Democrática da Alemanha (RDA) e da República Popular de Moçambique rubricaram um acordo que previa o intercâmbio de trabalhadores e estudantes entre os dois países.

Ouvir o áudio 21:08

Trinta anos de trabalhadores contratuais moçambicanos na Alemanha

Mais de 20 mil moçambicanos viveram, estudaram e trabalharam na Alemanha nos anos seguintes. Alguns destes "Vertragsarbeiter" ainda continuam na Alemanha, mas a maioria voltou depois da queda do muro de Berlim e do desaparecimento da RDA.

Para muitos destes chamados "madgermanes" o regresso a Moçambique foi traumático, pois tinham saído da sua pátria com a idéia de fazer parte de uma elite que iria construir o socialismo. Quando voltaram já deixara de existir socialismo. Moçambique passara a ser uma economia de mercado.

Este programa especial de 22 minutos apresenta entrevistas com dois moçambicanos, Judite Armando e Jaime Faque Suldane, que viveram na Alemanha (as duas entrevistas foram gravadas em 2007 em Maputo por Johannes Beck).

Saibam quais foram os desafios e as aventuras que eles viveram na Alemanha e depois da sua volta a Moçambique.

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados