Tensão na Ucrânia: Movimentações russas geram alerta, mas o que fará a NATO? | MEDIATECA | DW | 20.01.2022

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

MEDIATECA

Tensão na Ucrânia: Movimentações russas geram alerta, mas o que fará a NATO?

Manobras militares russas e suposto envio de familiares de diplomatas na Ucrânia para Moscovo preocupam o Ocidente. Presidente dos EUA, Joe Biden, promete resposta severa caso a Rússia invada a Ucrânia, mas admite agir de forma diferente a "pequena incursão". Junto à fronteira com o país estarão já estacionados 100 mil soldados russos.

Assistir ao vídeo 05:19