Songo é a nova estrela do futebol moçambicano | Moçambique | DW | 05.11.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Songo é a nova estrela do futebol moçambicano

A União Desportiva do Songo é o primeiro bicampeão moçambicano de fora de Maputo. Há três anos que o clube soma conquista atrás de conquista. Qual é o segredo do sucesso?

default

Festa da União Desportiva do Songo foi em casa, no fim-de-semana

Este foi mais um ano de glória para a União Desportiva do Songo. O clube venceu o campeonato nacional de futebol, o Moçambola, pela segunda vez consecutiva.

No sábado (03.11), na 30ª e última jornada do campeonato, a equipa da província de Tete perdeu por 2-1 diante do Maxaquene de Maputo. Mas esta foi a única derrota que sofreu em casa este ano. Os números falam por si: o Songo termina o Moçambola com 58 pontos, resultantes de 17 vitórias, sete empates e seis derrotas.

Ao todo, são já três anos de conquistas. Além de ser o primeiro bicampeão moçambicano de fora de Maputo, o Songo venceu em 2016 a Taça de Moçambique.

"Tudo isto é feito por uma equipa que nem da capital provincial [Tete] é. É uma equipa da localidade. Afinal, partindo da localidade, pode-se fazer muita coisa", afirma Pedro Couto, o Presidente do Conselho de Administração da Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB), o maior patrocinador da equipa.

União Desportiva do Songo ist mosambikanischer Fußballmeister

Jogadores da União Desportiva do Songo terminam em primeiro há dois anos

Qual é o segredo?

Criado em 1982, o então Grupo Desportivo da HCB entrou para o Moçambola em 2009. É uma das poucas equipas que participam na prova máxima do futebol nacional cuja sede está sedeada numa pequena localidade.

As vitórias não são "nenhuma causalidade", diz Couto. O segredo para o sucesso é simples: "trabalho, dedicação, firmeza".

Dentro de duas semanas, o Songo vai representar Moçambique na Liga dos Campeões africanos de futebol. O presidente do clube, Lucas Gune, promete que a equipa dignificará o país.

Ouvir o áudio 02:19
Ao vivo agora
02:19 min

Songo é a nova estrela do futebol moçambicano

"Queremos que a nossa história de sucesso ganhe novas linhas douradas, e, para que isso aconteça, contamos com o empenho e dedicação de todos, para que a União Desportiva do Songo continue no topo", declarou Gune.

Outros jogos

O Moçambola terminou com o segundo classificado, o Ferroviário de Maputo, a perder frente à ENH Vilankulo, por 1-0.

A Liga Desportiva de Maputo bateu o Ferroviário da Beira por 3-0. O Costa do Sol e o 1º de Maio de Quelimane empataram a 2 bolas. O Ferroviário de Nampula venceu o Textáfrica do Chimoio por 3-1. O clube do Chibuto empatou a zero com o Ferroviário de Nacala, e o já despromovido Clube Desportivo da Universidade Pedagógica de Manica venceu o também despromovido Sporting de Nampula por 2-1. O Desportivo de Nacala venceu o Incomáti de Xinavane por 1-0.

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados