São Tomé: Presidente alerta contra compra de votos | NOTÍCIAS | DW | 13.07.2021

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

São Tomé: Presidente alerta contra compra de votos

Campanha eleitoral é destaque nas comemorações dos 46 anos de independência de São Tomé e Príncipe. Presidente Evaristo Carvalho critica falta medidas de prevenção da Covid-19 durante a campanha eleitoral e pediu para que candidatos evitem a compra de votos.

Assistir ao vídeo 02:32

São Tomé e Príncipe celebrou o aniversário da independência. A comemoração teve restrições devido à pandemia de Covid-19. Músicas e danças tradicionais marcaram a festa esta segunda-feira. O presidente do Parlamento da Guiné Equatorial esteve presente. Gaudencio Mesu representou o Presidente Teodoro Obiang. São Tomé e Príncipe realiza eleições no dia 18 de julho. Evaristo Carvalho criticou o comportamento dos candidato. Para o Presidente, alguns estão a ignorar a pandemia. Carvalho pediu que os candidatos não explorem a pobreza no país. Mais de uma dezena de candidatos concorrem às presidenciais. Espera-se que mais de 120 mil eleitores participem do pleito