Recenseamento começa a 1 de abril em Moçambique | Moçambique | DW | 12.12.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Recenseamento começa a 1 de abril em Moçambique

O recenseamento para as eleições gerais do próximo ano em Moçambique já está marcado. Data foi anunciada pelo Executivo.

O Governo moçambicano marcou para 01 de abril o arranque do recenseamento para as eleições gerais de outubro de 2019 em Moçambique, informou esta terça-feira (11.12) a porta-voz do Conselho de Ministros, Ana Comoana.

"O recenseamento vai decorrer até 15 de abril", disse a porta-voz do Conselho de Ministros de Moçambique, no final da 38.ª sessão do órgão, realizada em Maputo.

As eleições gerais em Moçambique estão marcadas para 15 de outubro e estão orçadas em 6.500 milhões de meticais (92 milhões de euros).

Estas serão as sextas eleições do país e incluem a votação presidencial, para o parlamento e assembleias provinciais.

O novo ciclo eleitoral em Moçambique arrancou neste ano, com as eleições autárquicas, que decorreram a 10 de outubro.

Nas eleições autárquicas deste ano, o Secretariado Técnico de Administração Eleitoral recenseou 6,7 milhões de pessoas nas 53 autarquias onde decorreu o registo, o que correspondeu a 88,3% da meta de 7,6 milhões que havia sido estabelecida, segundo os dados demográficos fornecidos pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Leia mais