Presidente centro-africano anuncia recandidatura | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 26.09.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Presidente centro-africano anuncia recandidatura

Presidente da República Centro-Africana, Faustin Archange Touadéra, anunciou este sábado que irá concorrer a mais um mandato nas eleições de dezembro.

Videostill Präsident Touadera im Interview (DW)

Faustin Archange Touadéra

"É uma grande responsabilidade. Uma responsabilidade muito grande. Aceito ser o vosso candidato", declarou o Presidente centro-africano Faustin Archange Touadéra, eleito em 2016, perante os membros do seu partido, o Movimento de Corações Unidos (MCU), reunidos em congresso na capital, Bangui.

Mais de sete anos depois do golpe de Estado protagonizado por uma coligação de grupos armados de maioria muçulmana, o Seleka, que derrubou o regime de François Bozizé, em 2013, a primeira volta das eleições presidenciais centro-africanas está prevista para 27 de dezembro.

Instabilidade e incertezas

No entanto, a incerteza atual -- dois terços do território da República Centro-Africana (RCA) são controlados por grupos rebeldes armados -, ainda prevalece, pondo-se a possibilidade de a votação ser adiada, uma vez que se registam atrasos significativos na organização, sobretudo no que diz respeito ao recenseamento dos eleitores.

Touadéra, 63 anos, foi eleito em 2016 com 62,71% dos votos oriundos de um território que, já na altura, estava maioritariamente nas mãos das milícias rebeldes.

A situação vai repetir-se em dezembro próximo, apesar da assinatura, em fevereiro de 2019, de um acordo de paz entre os 14 principais grupos rebeldes e o Governo.

O principal rival de Touadéra deverá ser, desta vez, o próprio François Bozizé, de regresso ao país após um ano no exílio, tudo dependendo da validação de uma eventual candidatura.

Leia mais