O espião comunista que não se arrepende | MEDIATECA | DW | 06.10.2020

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

MEDIATECA

O espião comunista que não se arrepende

Por mais de 20 anos, Dieter Popp espionou para o regime comunista da Alemanha Oriental (RDA) em Bonn, então capital da Alemanha Ocidental. Após a reunificação, Popp passou quatro anos na prisão. Ele se sente injustiçado e diz que "colaborava para a paz" entre os dois países.

Assistir ao vídeo 03:34