Mundial de Clubes: Bayern de Munique luta pelo 4º troféu na sua história | Futebol | DW | 11.02.2021

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Mundial de Clubes: Bayern de Munique luta pelo 4º troféu na sua história

O Bayern de Munique defronta na noite desta quinta-feira (11.02), pelas 19 horas, tempo da Alemanha, a turma mexicana de Tigres, em partida da grande final do Mundial de Clubes 2020, que decorre em Al Rayyan, no Qatar.

Nas meias finais, os "bávaros" levaram de vencida o poderoso africano - Al-Ahly, do Egíto, por 2-0, golos apontados por Robert Lewandowski, aos 17 e 86 minutos.

Entretanto, a equipa de Tigres chega à esta final, depois de ter afastando na fase anterior o Palmeiras, do Brasil, por 1 a 0, e se tornou na primeira equipa da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caraíbas (CONCACAF) a chegar à final do mundial de clubes.

Busca pelo sexto título consecutivo na temporada

Qatar | Club World Cup | Al Ahly vs FC Bayern München

Robert Lewandowski em ação na partida contra o Al-Ahly, no Qatar

O Bayern de Munique vai para o jogo desta noite de "olhos postos" para o sexto título consecutivo para a época 2019/2020. É que para já, os "bávaros" já têm bem arrumados nas suas prateleiras os troféus de campeões da Alemanha (2019/2020), da Liga dos Campeões da Europa, da taça da Alemanha, da Supertaça europeia e da Supertaça da Alemanha.

Caso vença esta noite ao Tigre, o Bayern tornar-se-á vencedor de todos os quatro principais torneios da temporada 2019/2020, nomeadamente, Mundial de Clube, Liga dos Campeões europeus, Supertaça europeia e Bundesliga. 

O FC Barcelona de Espanha é detentor desta proeza. Na temporada 2008/2009, conseguiu vencer estas quatro principais competições.

Curiosidade desta final

Curioso ou não é que esta noite vai marcar uma dupla estreia. O Bayern de Munique vai defrontar pela primeira vez na sua história uma equipa da América Central, e o mesmo também acontece com a turma mexicana que irá medir forças com um clube europeu num jogo competitivo pela primeira vez.

Bayern, o grande favorito

O Bayern venceu pela última vez o título do Campeonato Mundial de Clubes da FIFA em 2013, tendo marcado pelo menos dois golos e não sofrendo nenhum. E no seu palmares, com três troféus desta competição.

O seu adversário desta noite, os "tigres" procuram pela primeira vez fazer história nesta competição.

Champions League Finale 2020 Paris vs Bayern München | Sieger Bayern München | Hansi Flick

Bayern celebra na final da Liga dos Campeões 2020, em Lisboa

Por outro lado, os mexicanos terão pela frente o representante alemão cheio de estrelas, como é o caso de Manuel Neuer (melhor guarda-redes do mundo), Robert Lewandowski (melhor jogador do mundo), para além de outra constelação de estrelas, que a turma de Hansi Flick apresenta.

Por outro lado, o FC Bayern venceu 18 dos seus últimos 19 jogos internacionais - a única exceção foi um empate em 1-1 no Atlético Madrid na 5ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões de 2020/21.

Para esse efeito, o Bayern de Munique também venceu os seus últimos sete jogos competitivos em solo neutro. Antes da semi-final contra o Al Ahly, estes incluíam duas finais da Taça da Federação Alemão de Futebol (também conhecida por DFB) em Berlim (2019, 2020), três jogos a caminho do título da Liga dos Campeões de 2020 em Lisboa e a Supertaça da UEFA de 2020 em Budapeste.

O incrível percurso de Flick

Caso os "bávaros" vençavm a partida desta quinta-feira, à noite, o técnico Hansi Flick poderá ganhar o seu sexto título em 68 jogos competitivos como treinador do Bayern. Isso significa, uma média de apenas onze jogos por título, o que o tornaria no quinto recordista na história do futebol mundial.

Clubes com mais títulos

Desde 1960 que esta prova é disputada. Já teve 27 vencedores, sendo que o Real Madrid é o "papa títulos" desta competição, tendo já conquistado 7 troféus, dos quais quatro conquistados nos últimos cinco anos. Seguido do Milan da Itália com quatro títulos. Com três, seguem as formações do Barcelona, Bayern de Munique (1976, 2001, 2013), Inter de Milão, Santos, do Brasil, Boca Juniores, da Argentina e Nacional e Club Atlético Peñarol, ambos do Uruguai.