Morreu Oldemiro Balói, antigo ministro dos Negócios Estrangeiros de Moçambique | NOTÍCIAS | DW | 14.04.2021

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Morreu Oldemiro Balói, antigo ministro dos Negócios Estrangeiros de Moçambique

Antigo ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Oldemiro Balói, morreu aos 66 anos numa unidade hospitalar da África do Sul. A informação foi divulgada pela rádio estatal citando fonte familiar.

Oldemiro Balói tinha 66 anos, era natural de Maputo e liderou a diplomacia moçambicana entre 2008 e 2017, sob a presidência de Armando Guebuza até 2015 e, depois, sob liderança de Filipe Nyusi, atual chefe de Estado e presidente da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo).

 Em 2019, liderou a missão de observadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais na Guiné-Bissau.

Deutschland Mosambik Außenminister Oldemiro Marques Baloi bei Frank-Walter Steinmeier in Berlin

Balói encontrou o então homólogo Frank-Walter Steinmeir em 2014, hoje Presidente da Alemanha

 Durante a década de 90 ocupou os cargos de vice-ministro da Cooperação e ministro da Indústria, Comércio e Turismo.

 Entre 2012 e 2017, foi membro do comité central da Frelimo, partido no poder desde a independência.

 Formado em Economia, ocupou em diferentes ocasiões o cargo de administrador do Banco Internacional de Moçambique (Millennium Bim).

Assistir ao vídeo 09:14

Covid-19 e as dificuldades impostas a jovens empreendedores

Leia mais