Morreu Girma Wolde-Giorgis, ex-Presidente da Etiópia | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 15.12.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Morreu Girma Wolde-Giorgis, ex-Presidente da Etiópia

Notícia foi avançada, este sábado (15.12), pela televisão estatal da Etiópia. Girma Wolde-Giorgis liderou o país de 2001 a 2013. Tinha 94 anos.

O ex-presidente etíope Girma Wolde-Giorgis morreu, este sábado (15.12), a duas semanas de completar os 95 anos, dá conta a imprensa local. Não foram avançadas as causas da morte.

Wolde Giorgis Girma, Äthiopien Präsident (picture-alliance/ dpa)

Girma Wolde-Giorgis, ex-presidente da Etiópia

Reagindo ao sucedido, o primeiro-ministro Abiy Ahmed disse, este sábado (15.12) que o antigo chefe de Estado era "um modelo a seguir. O Presidente Girma prestou o seu serviço ao povo e ao país [Etiópia] com o seu conhecimento e experiência e um excecional sentido de serviço e determinação, tornando-se um modelo a seguir", afirmou.

Abiy Ahmed anunciou ainda que o funeral será feito com honras de Estado e irá decorrer nos próximos dias.

Nos últimos anos, Girma Wolde-Giorgis  teve uma participação ativa nos esforços para promover a reconciliação entre a Etiópia e a Eritreia, alcançada em julho.

Leia mais