Moçambique: MDM e FRELIMO em campanha na Zambézia | Moçambique | DW | 11.08.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Moçambique: MDM e FRELIMO em campanha na Zambézia

Em Quelimane, o MDM e a FRELIMO fazem campanha para apresentar os seus candidatos à autarquia. Entretanto, o partido da oposição também quer "limpar" a sua imagem após a saída de membros nas vésperas das eleições.

default

Membros do MDM durante ação de pré-campanha em Quelimane

A pré-campanha do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) em Quelimane começou na sexta-feira (10.08) sensibilizando munícipes nas ruas. Neste sábado, a ação eleitoral do segundo maior partido da oposição chegou aos bairros e mercados municipais formais e informais da cidade.

Segundo o delegado do MDM em Quelimane, Listano Evaristo, os membros do partido foram divididos em pequenos grupos para angariar mais apoiantes, apesar dos últimos acontecimentos turbulentos que abalaram o movimento com a saída do antigo cabeça de lista, Manuel de Araújo – atual edil de Quelimane, eleito em 2014 pelo MDM.

Listano Evaristo afirmou à DW África que já não há tempo para cruzar os braços. "É uma atividade que estamos a dar continuidade. Tínhamos planificado com o anterior cabeça de lista que abandonou o partido e estamos a sensibilizar a população, a dizer que o MDM em Quelimane está forte para ganhar as eleições de outubro".

Popularidade

O delegado frisou que esta semana foram agendadas duas marchas, uma para este domingo, incluindo apenas da juventude, e a outra na próxima semana. Ambas servirão para medir até que ponto o MDM tem acessibilidade na cidade de Quelimane depois da saída do Manuel de Araújo, ressaltou Listano Evaristo.

Além da sensibilização, faz parte da pré-campanha do MDM a apresentação do seu novo cabeça de lista, Rogério Warowaro, que também participa das ações nos bairros.

Demonstration Wahlen Quelimane Mosambik

Marcha da FRELIMO na cidade de Quelimane

FRELIMO também avança na pré-campanha

Por seu turno, a Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO) também iniciou este sábado a sua pré-campanha em Quelimane, apresentando o seu cabeça de lista, Carlos Carneiro. A marcha da FRELIMO percorreu várias artérias da cidade e terminou na sede do partido.

Os primeiros pronunciamentos do candidato foram em língua local ao dizer "Mwana Mutchuabo Khankala Burruto", o que em português significa "um quelimanense é sempre bem-educado".

Para Paulino Lenço, secretário provincial da FRELIMO na Zambézia, diz que a corrida eleitoral já começou. Ele acrescenta que "Carlos Baptista Carneiro é o candidato ideal, a pessoa certa para desenvolver a nossa autarquia de Quelimane, ele não é um esfomeado que anda de partido em partido a procura de meios de sobre vivencia".

Carlos carneiro foi eleito na sexta-feira da semana passada (03.08) com 50 votos, contra cinco votos para Manuel de Morais e um voto para Rijone Bombino.

Cabeças de lista dos três partidos na Zambézia

Entretanto, os três principais partidos já encerraram o processo de indicação dos cabeças de lista para os seis municípios da província da Zambézia:

FRELIMO - José Aniceto (Gurue); Felisberto Elia (Milange); Geraldo Sotomane (Mocuba); Virgilio Dinheiro (Maganja da Costa); Miguel Muananvuca (Ato Molocue), e Carlos Carneiro (Quelimane).

RENAMO - Adriano Ermino (Milange); Ibrahimo Naimo (Gurue); José Palaço (Alto Molocue); Elferio Ossifo (Maganja da Costa); Ernesto Matos (Mocuba), e Manuel de Araújo (Quelimane).

MDM - Caldino Júnior (Mocuba); Lucas Mpepo (Milange); Orlando Janeiro (Gurue); André Txetxema (Alto Molocue); Alberto Aface (Maganja da Costa), e Rogério Warowaro (Queliamane).

Leia mais