Moçambique cria equipa para investigar queda de aeronave | Moçambique | DW | 12.01.2022

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Moçambique cria equipa para investigar queda de aeronave

As Forças Armadas moçambicanas criaram uma equipa para averiguar as causas da queda de uma aeronave de instrução que provocou dois mortos em Maputo.

Fotografia de arquivo

Fotografia de arquivo

As Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) ciaram "uma equipa multissetorial para identificar as reais causas que ditaram o sinistro", lê-se num comunicado publicado na terça-feira (11.01).

O documento detalha que se tratava de "uma aeronave de instrução do tipo Festival, pertencente à Escola Prática de Aviação" que se despenhou, provocando a morte dos dois tripulantes, "um oficial e um sargento, ambos membros das FADM".

Os corpos das vítimas foram levados "para a morgue do Hospital Central de Maputo".

O acidente aconteceu por volta das 09:30 (hora local) quando a avioneta descolou da base aérea de Maputo, registando problemas ao ganhar altitude, antes de cair sobre uma residência, disse na altura o porta-voz do Serviço Nacional de Salvação Pública (Sensap), Leonildo Pelembe.

A casa no Quarteirão 16 do bairro Vulcano ficou destruída, mas estava desocupada no momento do sinistro, acrescentou.

Uma visita à estação de comboios de Maputo

Leia mais