Meses após ataque a sinagoga em Halle, judeus sentem-se ameaçados | NOTÍCIAS | DW | 21.07.2020

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Meses após ataque a sinagoga em Halle, judeus sentem-se ameaçados

Começa julgamento do extremista de direita suspeito de atacar uma sinagoga e uma lanchonete turca em Halle, no leste da Alemanha, em outubro passado. Duas pessoas morreram no atentado. O prefeito prometeu lutar contra o antissemitismo, mas extremistas seguem ameaçando judeus e outros grupos vulneráveis na cidade.