Luanda: ″Governo assassino, acaba de me matar″ | MEDIATECA | DW | 26.10.2020

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

MEDIATECA

Luanda: "Governo assassino, acaba de me matar"

Um protesto em frente ao Tribunal Provincial de Luanda exigiu, esta segunda-feira (26.10), a libertação dos manifestantes detidos durante uma marcha na capital angolana. Não faltaram críticas ao Governo.

Assistir ao vídeo 00:44