Justiça investiga denúncia de corrupção contra edil de Nampula - imprensa | Moçambique | DW | 14.07.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Justiça investiga denúncia de corrupção contra edil de Nampula - imprensa

O Gabinete Provincial de Combate à Corrupção de Nampula, norte de Moçambique, abriu uma investigação a uma denúncia de corrupção contra o autarca daquela capital provincial, Paulo Vahanle, avança a agência Lusa.

"Recebemos uma denúncia de corrupção contra o presidente do conselho municipal da cidade de Nampula e iniciámos uma investigação", disse à Lusa o porta-voz do gabinete, José Sopa.

Sopa avançou que a investigação recai também sobre outros membros do conselho municipal referidos na denúncia como estando envolvidos em atos de corrupção.

"Decorre agora uma auditoria às contas do município para que a investigação possa avançar, porque ainda está no início", acrescentou.

José Sopa não adiantou mais pormenores sobre a investigação, remetendo outros detalhes para o desfecho das averiguações em curso.

A Lusa tentou sem sucesso obter uma reação do autarca de Nampula.

Paulo Vahanle denunciou publicamente em junho casos de alegada corrupção envolvendo funcionários do seu município. 

O autarca de Nampula foi eleito pela Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO), principal partido da oposição, e ocupa o cargo há mais de dois anos - sendo que a RENAMO dirige oito dos 53 municípios do país, cabendo um ao Movimento Democrático de Moçambique (MDM) e os restantes 44 à Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO), partido no poder.

Leia mais