João Lourenço quer parceria estratégica com África o Sul | Angola | DW | 26.11.2017

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Angola

João Lourenço quer parceria estratégica com África o Sul

Durante três dias de visita à África do Sul, o chefe de Estado angolano manteve reuniões com o seu homólogo Jacob Zuma. As delegações dos dois países assinaram cinco acordos e memorandos de entendimento.

João Lourenço, Presidente de Angola

João Lourenço, Presidente de Angola

"Desejo que esta minha visita de Estado seja um primeiro passo para conferir um caráter estratégico ao relacionamento entre a África do Sul e Angola e para explorarmos mais seriamente todas as imensas possibilidades que ainda existem para ampliarmos a nossa cooperação em todos os domínios", afirmou João Lourenço, no sábado (25.11), no término de uma visita de três dias à África do Sul.

Durante a visita do chefe de Estado angolano, as delegações governamentais dos dois países assinaram cinco acordos e memorandos de entendimento, nomeadamente para supressão recíproca de vistos em passaportes ordinários, que entra em vigor já a 1 de dezembro.

Na sua primeira visita de Estado, João Lourenço encontrou-se com representantes da comunidade angolana residente na África o Sul e participou num fórum empresarial que juntou investidores dos dois países.

"Angola deve aprender com a África do Sul o processo de transformação de uma economia paralela e informal para uma economia onde as empresas são devidamente auditadas e cotadas em bolsa, proporcionando assim maiores ganhos e maior transparência na gestão da coisa pública", defendeu João Lourenço.

Segundo o chefe de Estado angolano, é necessário "dizer ao mundo, e em particular à África do Sul, que Angola continua naquela fase de que precisa de investir fortemente nas suas infraestruturas, destruídas pela guerra".

A fechar a sua visita, no sábado (25.11), o Presidente João Lourenço homenageou, no Freedom Park, em Pretória, os sul-africanos que combaterem o apartheid, o regime de segregação racial que teve fim em 1994.

Leia mais