Guiné-Bissau defronta Camarões e Gana na CAN, Angola encontra Mali e Tunísia | Guiné-Bissau | DW | 13.04.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Guiné-Bissau

Guiné-Bissau defronta Camarões e Gana na CAN, Angola encontra Mali e Tunísia

Calendário da Taça das Nações Africanas reserva grandes duelos para Angola e Guiné-Bissau na fase de grupos, representantes lusófonos na 32ª edição. CAN 2019 decorre entre 21 de junho e 19 de julho, no Egito.

Guinea-Bissau Fußball Nationalmannschaft & Trainer Baciro Candé (DW/B. Darame)

Seleção da Guiné-Bissau

A Guiné-Bissau vai defrontar os Camarões, detentores do troféu, Gana e Benin no grupo F da Taça das Nações Africanas de futebol (CAN), enquanto Angola terá pela frente a Tunísia, o Mali e a Mauritânia, ditou o sorteio da prova nesta sexta-feira (12.04).

Guineenses e angolanos estavam inseridos no pote de número quatro do sorteio, pelo que, à partida, teriam sempre de defrontar algumas das seleções mais fortes na competição que se vai realizar no Egito, entre 21 de junho e 19 de julho.

Naquela que será a segunda presença numa fase final da CAN, dois anos depois da estreia, a Guiné-Bissau, 118ª classificada no "ranking" da FIFA, ficou inserida no grupo F e vai reencontrar os Camarões, cinco vezes campeões africanos - a última das quais na derradeira edição, em 2017 - e que contam com o avançado do FC Porto, Vincent Aboubakar.

Na última edição da CAN, os "djurtus" jogaram contra os Camarões na fase grupos, tendo perdido por 2-1.

O Gana, 49º no "ranking" FIFA, que venceu a CAN em quatro ocasiões e ficou em quarto lugar em 2017, é outros dos "tubarões" que a Guiné-Bissau terá de enfrentar, num grupo no qual foi ainda sorteado o Benin, ausente das últimas quatro edições e que é um velho adversário dos guineenses na taça Amílcar Cabral.

Já Angola, 122ª colocada na hierarquia mundial, prepara-se para disputar a competição pela oitava vez, sendo que em duas delas conseguiu alcançar os quartos de final, em 2008 e 2010.

Symbolbild Angolesiche Fans (Getty Images/AFP/S. De Sakutin)

Torcedor angolano

Os "palancas negras", que se qualificaram para a fase final da CAN graças a um golo do estreante Wilson Eduardo, do Sporting de Braga, vão medir forças com a Tunísia, que arrebatou o troféu em 2004.

Angola vai jogar também contra o Mali, de Moussa Marega (FC Porto) e Abdoulaye Diaby (Sporting), e contra a Mauritânia, uma das três equipas estreantes, juntamente com Burundi e Madagáscar.

No grupo A, o anfitrião Egito, finalista da última edição, terá pela frente a República Democrática do Congo, do portista Mbemba, enquanto o grupo C vai proporcionar um confronto entre outros dois jogadores do FC Porto, Yacine Brahimi, pela Argélia, e Mamadou Loum, pelo Senegal.

Os dois primeiros classificados de cada um dos seis grupos apuram-se para os oitavos de final da CAN2019, tal como os quatro melhores terceiros colocados.

A 32ª edição da Taça das Nações Africanas vai decorrer no Egito, entre 21 de junho e 19 de julho.

Composição dos grupos da Taça das Nações Africanas de 2019, no Egito:

Grupo A: Egito, República Democrática do Congo, Uganda e Zimbabué.

Grupo B: Nigéria, Guiné-Equatorial, Madagáscar e Burundi.

Grupo C: Senegal, Argélia, Quénia e Tanzânia.

Grupo D: Marrocos, Costa do Marfim, África do Sul e Namíbia.

Grupo E: Tunísia, Mali, Mauritânia e Angola.

Grupo F: Camarões, Gana, Benin e Guiné-Bissau.

Assistir ao vídeo 01:18

Guiné-Bissau apura-se para fase final da CAN2019

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados