Gana em contagem decrescente para as eleições | MEDIATECA | DW | 06.12.2012

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

MEDIATECA

Gana em contagem decrescente para as eleições

O Gana elege esta sexta-feira (07.12) um novo parlamento e um novo presidente. O enviado especial da DW faz um retrato da campanha em vésperas de eleições.

Ouvir o áudio 03:34

Ultimamente, Habibuh Sualahi não deixa nada ao acaso. Nos últimos três meses, o jovem de 24 anos, cabelos curtos e t-shirt preta, tem andado de uma banca para outra no principal mercado de Kumasi, a segunda maior cidade do Gana e um bastião tradicional da oposição.

Mulheres que usam vestidos vermelhos e esvoaçantes sentam-se no chão e vendem baldes de plástico coloridos. Cabos e carregadores de telemóveis balançam pendurados numa outra banca.

Habibuh não está interessado em comprar nenhum desses produtos. Como delegado da juventude do maior partido da oposição do Gana, o NPP (New Patriotic Party ou Novo Partido Patriótico), o seu alvo são os donos das lojas.

"Queremos um governo do NPP. Eles sabem o que o povo quer", diz. "Quando se chega ao poder, é preciso fazer algo que ajude as pessoas - um plano de saúde nacional ou, por exemplo, mais emprego para os jovens."

Mahama vs. Akufo-Addo

Para Nana Akufo-Addo, cabeça de lista do NPP, fazer campanha eleitoral em Kumasi é como jogar em casa numa partida de futebol.

Akufo-Addo também foi o candidato do partido nas últimas eleições de 2008. Conseguiu mais de 72% dos votos na região Ashanti, rica em ouro e localizada no centro-sul do Gana.

O adversário de Akufo-Addo é este ano o presidente ganês, John Dramani Mahama, do NDC (National Democratic Congress ou Congresso Nacional Democrático). Mahama assumiu o poder em julho deste ano após a morte, por cancro, do presidente John Atta Mills. Mahama era o vice-presidente.

Durante a campanha, o candidato do NDC gosta de passar a imagem de que é um administrador competente dos assuntos de Estado.

"O mecanismo institucional de saneamento não foi dirigido por políticas decisivas e pela construção de uma instituição forte", disse. "No final da próxima semana, uma equipa do Ministério da Administração Local e do Desenvolvimento Rural vai apresentar um programa nacional para o saneamento e o lixo."

Taco-a-taco?

Existem poucas diferenças entre os dois candidatos no que se refere às promessas. Ambos prometem emprego, educação e saúde.

Enquanto o Gana está melhor colocado nestes setores que muitos dos seus vizinhos, ainda se trata de um país em desenvolvimento. No Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) das Nações Unidas, o Gana ocupa a posição 152 entre 182 países. A corrupção também existe no quotidiano.

Por outro lado, o Gana é um dos países mais estáveis da África. Existe alternância de poder entre o NDC e o NPP e esta mudança de governos aconteceu de forma relativamente pacífica durante os últimos anos.

Permanece apenas uma pergunta nas mentes de todos: quem será o vencedor das eleições? John Atta Mills venceu a disputa de 2008 com uma diferença de apenas 20 mil votos. A corrida deste ano poderá acabar acirrada da mesma forma, dizem os observadores.

Autor: Daniel Pelz (Kumasi) / Renate Krieger
Edição: Guilherme Correia da Silva / António Rocha