Filipe Nyusi apela ao aumento da produtividade no dia dos Heróis Nacionais | Moçambique | DW | 03.02.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Filipe Nyusi apela ao aumento da produtividade no dia dos Heróis Nacionais

Em dia de feriado nacional, Presidente moçambicano pede à população que produza mais e melhor para prestar homenagem aos Heróis Nacionais.

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, apelou este sábado (03.02) à população para aumentar a produtividade como forma de homenagear todos os que lutaram contra o regime colonial, num discurso por ocasião do feriado dos Heróis Nacionais.

"Renovo o apelo, a todo o povo, para o aumento da produção e produtividade", da agricultura, à indústria e serviços, "como forma de honrarmos a entrega dos nossos heróis", referiu na cerimónia central realizada em Maputo.

Recordar figuras da luta pela independência

O chefe de Estado falava depois de ter depositado uma coroa de flores no monumento aos Heróis Nacionais, na data em que se assinala o 49.º aniversário da morte de Eduardo Mondlane, fundador da Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO).

Mondlane foi assassinado aos 48 anos, em Dar-es-Salaam, na Tanzânia, num atentado bombista patrocinado pela Polícia Internacional e de Defesa do Estado (PIDE) português.

No feriado nacional de 3 de fevereiro são evocadas as personalidades que abdicaram das suas vidas para lutar pela independência de Moçambique.

As cerimónias centrais de hoje contaram com a presença de antigos dignitários do Estado moçambicano, representantes de partidos políticos e do corpo diplomático acreditado em Moçambique, além da população.

Leia mais