Escândalo de Julius Malema é destaque na imprensa alemã | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 28.09.2012
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Escândalo de Julius Malema é destaque na imprensa alemã

Imprensa alemã comenta nova operação de navios de guerra na costa da Somália. Jornais destacam reação de Malema ao ser acusado de branqueamento de capitais. Filme alemão parece desmitificar continente africano.

02_2012 Themenbild für Presseschau Ansprechpartner: Simone.Huels@dw-world.de

Themenbild Presseschau

Política internacional, cultura e futebol foram os temas abordados pela imprensa alemã sobre África nesta semana. O Sueddeutsche Zeitung destacou a chegada de soldados alemães nos portos somalis para uma nova tarefa assumida pelo país no combate a pirataria na região, no âmbito da Operação Atalanta, da União Europeia.

O jornal cita como fonte o próprio comando da operação em Potsdam, divulgando inclusive que no dia 4 de Outubro uma fragata alemã chegará ao país com mantimentos, em uma missão do Programa Alimentar Mundial da ONU. Vale lembrar que a Bundeswehr é empregada na região para a proteção das embarcações comerciais, alvos de ataque de piratas somalis.

O cotidiano também publica nesta semana uma resenha de Hans-Peter Kunisch sobre o novo livro da autora sul-africana, Nobel de Literatura, Nadine Gordimers. O título da obra é "Não há tempo como o presente", na tradução livre. O romance trata da desilusão pós-revolucionária na África do Sul.

Die Tageszeitung, na reportagem "Talvez tu tragas o elefante", assinada por Anke Leweke, também coloca África na editoria de cultura. Trata-se da resenha do filme "Uma vez o rio foi uma pessoa". É o primeiro Longa-Metragem do diretor Jan Zabeils, que conta a história de um jovem alemão em África e, segundo o artigo, desmitifica alguns estereótipos do continente. O filme também mereceu uma reportagem no Berlinerzeitung.

O fim de um sonho

O Tageszeitung também publicou uma matéria de sua correspondente em Johanesburgo, Martina Schwikowski, com o título "Os negócios milionários do líder dos pobres". A reportagem fala sobre o escândalo que envolve o antigo líder da juventude do Congresso Nacional Africano (ANC), Julius Malema, em um esquema de branqueamento de capitais no valor de 460 mil euros. Schwikowski chama atenção para a declaração de Malema, que ressaltou para a imprensa que "branqueamento de capitais não é uma acusação por um problema sério".

O jornal publicou matéria do correspondente Hannes Koch, que esteve em Maputo e na Beira para a fazer a reportagem de título "Na verdade se trata de uma ascendência". O correspondente inicia a matéria com a comparação entre uma antiga e exuberante figueira localizada em Mafalala, na região de Maputo, com a imensa árvore do Planeta Pandora, do filme "Avatar", de James Cameron. A reportagem trata da uma tentativa de melhorar economicamente a região com o turismo. E destaca os novos investimentos feitos por empresas estrangeiras em Moçambique.

O semanário Der Freitag traz a matéria "O jogo de suas vidas". O texto fala do quão dúbio é o trabalho dos consultores de futebol que prometem levar para a Europa grandes talentos africanos. A reportagem de Romy Strassenburg enfatiza os potenciais talentos africanos que fazem testes em Paris. Conforme o texto, os jogadores pensam que vão se tornar prodígios nos clubes franceses, porque isto seria prometido. Quando o sonho de ser um profissional do futebol termina, muitos acabam ficando na capital da França.

Autor: Marcio Pessôa
Edição: António Rocha

Ouvir o áudio 03:11

Escândalo de Julius Malema é destaque na imprensa alemã

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados