Deixar o extremismo para trás no Quénia | MEDIATECA | DW | 25.06.2019

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

MEDIATECA

Deixar o extremismo para trás no Quénia

Por quase dois anos, Muhamad Mburu fez parte do grupo terrorista al-Shabab. Ele foi recrutado no Quénia antes de ir lutar na Somália. Arrependeu-se e hoje está de volta ao seu país, onde alerta sobre os riscos da radicalização.

Assistir ao vídeo 01:27