Covid-19: Responsável pelas finanças de estado alemão é encontrado morto | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 30.03.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Covid-19: Responsável pelas finanças de estado alemão é encontrado morto

Thomas Schäfer era ministro de Finanças do estado de Hesse, onde fica o centro financeiro da Alemanha, Frankfurt. Ele teria provavelmente cometido suicídio devido aos efeitos da pandemia de Covid-19 na economia.

Deutschland Wiesbaden Thomas Schäfer (picture-alliance/dpa/A. Dedert)

Thomas Schäfer era ministro das Finanças de Hesse

O ministro das Finanças do estado alemão de Hesse, Thomas Schäfer, de 54 anos, cometeu suicídio aparentemente por desespero com os efeitos da pandemia de Covid-19 na economia.

A informação foi divulgada pelo chefe de Governo de Hesse, Volker Bouffier.

Schäfer era responsável pela economia do estado onde fica Frankfurt - o centro financeiro da Alemanha, A polícia encontrou no sábado (28.03) o corpo do político numa linha de trem de alta velocidade na cidade de Hochheim, entre Frankfurt e Mainz.

Schäfer integrava à União Democrata-Cristã (CDU), o mesmo partido da chanceler Angela Merkel. O Governador do estado, Volker Bouffier (CDU), disse, neste domingo (29.03), em Wiesbaden (capital do estado de Hesse), que a morte de Schäfer estaria relacionada com as consequências financeiras da crise do coronavírus.

Deutschland Hanau | Schießerei & Tote, Angriff auf Shisha-Bars | Volker Bouffier, Ministerpräsident (Reuters/R. Orlowski)

Bouffier: "Ele parecia não ver saídas

"Nós devemos supor que ele estava muito preocupado", disse o visivelmente abalado o chefe de Governo de Hesse numa conferência de imprensa em Wiesbaden. "Ele parecia não ver saídas [para a crise], estava desesperado e nos deixou", disse Bouffier.

A polícia e o Ministério Público divulgaram que tudo indica que ele colocou termo à própria vida. Segundo informações do jornal Frankfurter Allgemeine Zeitung, ele deixou uma carta de despedida.

O político da CDU era ministro das Finanças há dez anos e era considerado o provável sucessor de Bouffier – caso o chefe de Governo de Hesse não se candidatasse a uma reeleição em 2023.

Na quarta-feira (25.03). Schäfer esteve no Parlamento regional na audiência sobre o orçamento suplementar para ajudar a economia e os trabalhadores independentes a lidar com as consequências da crise do coronavírus.

Bouffier disse que Schäfer tinha como principal preocupação "satisfazer as enormes expectativas da população, especialmente em termos de ajuda financeira".

Se você sofre de tensão emocional séria ou pensamentos suicidas, não hesite em procurar ajuda profissional. Você pode obter informações sobre onde encontrar apoio, não importa onde você estiver no mundo, neste site: htps://www.befrienders.org

Leia mais