Covid-19: Presidente de Cabo Verde declara situação de emergência | Cabo Verde | DW | 28.03.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cabo Verde

Covid-19: Presidente de Cabo Verde declara situação de emergência

Jorge Carlos Fonseca justificou a medida para dar meios legítimos às autoridades a um combate mais eficaz da pandemia. Medida é válida a partir de meia-noite deste domingo (29.03) por um período de 20 dias.

Jorge Carlos Fonseca, Presidente da República de Cabo Verde

Jorge Carlos Fonseca, Presidente da República de Cabo Verde

O Presidente cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, declarou este sábado (28.03) a situação de emergência no país por 20 dias, uma medida tomada pela primeira vez na história do país para intensificar o combate ao novo coronavírus. 

Jorge Carlos Fonseca justificou a medida para a defesa dos interesses e valores fundamentais do país e da comunidade e para dar meios legítimos às autoridades para um combate mais eficaz à pandemia.

"Perante dificuldades aparentemente insuperáveis, as nossa respostas têm se caracterizado pela capacidade de colocar o interesse das pessoas e da colectividade acima de quaisquer outros, ainda que considerados legítimos", defendeu Jorge Carlos Fonseca. 

A declaração foi feita após a comissão permanente da Assembleia Nacional de Cabo Verde ter aprovado na noite desta sexta-feira (27.03) o pedido do Presidente da República para a declaração do estado de emergência no país devido à pandemia da Covid-19

"Decidimos por unanimidade conceder a devida autorização constitucional ao senhor Presidente da República para declaração do estado de emergência nacional", anunciou o presidente da Assembleia Nacional cabo-verdiana, Jorge Santos. 

Cinco casos

O período de emergência inicia à meia-noite de domingo (29.03) e vai vigorar até 17 de abril em Cabo Verde, país que regista até ao momento cinco casos positivos de Covid-19 e um óbito. 

Três casos foram registados na semana passada na ilha da Boa Vista, dois turistas ingleses e uma dos Países Baixos. Um dos turistas ingleses, de 62 anos, acabou por morrer na segunda-feira (23.03) e os restantes já foram transferidos para os países de origem. 

Na cidade da Praia, ilha de Santiago, estão confirmados dois casos, um casal. O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou mais de 600 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 28.000. 

Dos casos de infeção, pelo menos 129.100 são considerados curados. Depois de surgir na China, em dezembro de 2019, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia. 

Leia mais