Covid-19: Mais de 6 milhões infetados em todo o mundo | NOTÍCIAS | DW | 31.05.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Covid-19: Mais de 6 milhões infetados em todo o mundo

A nível global, a pandemia do novo coronavírus já provocou quase 370 mil mortos e infetou mais de 6 milhões de pessoas em 196 países e territórios. África ultrapassou a barreira dos 4 mil mortos.

O número de mortos causados pela Covid-19, doença com origem no novo coronavírus Sars-CoV-2, fez pelo menos 369.086 mortos em todo o mundo, depois de aparecer em dezembro na China.

No total, mais de 6.075.070 casos foram oficialmente diagnosticados em 196 países e territórios desde o início da epidemia, dos quais 2.502.600 foram considerados curados.

Os Estados Unidos, que registaram o primeiro caso no início de fevereiro, são o país mais afetado tanto em número de casos como em número de mortos, com 103.781 mortes em 1.770.384 casos, e pelo menos 416.461 pessoas foram declaradas curadas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Reino Unido, com 38.376 mortos em 272.826 casos, a Itália, com 33.340 mortos (232.664 casos), o Brasil (28.834 mortos em 498.444 casos) e a França (28.771 mortos em 188.625 casos).

A China (excluindo os territórios de Macau e Hong Kong), onde a pandemia teve início no final de dezembro, contabilizou oficialmente um total de 83.001 casos (dois novos entre sábado e hoje), dos quais 4.634 mortos (zero novos) e 78.304 curados.

África ultrapassa barreira dos 4 mil mortos

Desde sábado às 20:00, o Ruanda anunciou a primeira morte ligada à Covid-19 no seu território.

No total, o continente africano ultrapassou nas últimas 24 horas a barreira dos 4.000 mortos devido à Covid-19, contabilizando 4.069 óbitos, num total de 141.535 infetados, segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC).

Os mesmos dados referem que nos 54 países analisados foi registada a recuperação de 59.212 doentes, mais 2.796 que no dia anterior.

Entre os países africanos lusófonos, a Guiné-Bissau é o que tem mais infeções, com 1.256 casos, registando oito mortos. São Tomé e Príncipe contabiliza 479 casos e 12 mortos e Cabo Verde tem 421 infeções e quatro mortos.

Moçambique conta mais 10 doentes este domingo, aumentando o total para 254 infetados e dois mortos e Angola tem 81 casos confirmados de Covid-19 e quatro mortos.

Assistir ao vídeo 01:48

Moçambique: Sofala canta "Fique em casa" no combate à Covid-19

Leia mais