Covid-19: Mais 15 recuperados na Guiné-Bissau | NOTÍCIAS | DW | 28.04.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Covid-19: Mais 15 recuperados na Guiné-Bissau

Guiné-Bissau confirma 15 recuperados de Covid-19. Concelho da Praia, foco principal da doença em Cabo Verde, contabiliza cinco novos casos. Há mais de 300 pessoas em quarentena na capital do país.

A pandemia do novo coronavírus está apenas no início e não na fase final, como advertiu a chanceler alemã Angela Merkel na semana passada. Na África lusófona os números oficiais de infetados continuam a aumentar e, embora mais lentamente, os casos de recuperação também.

O Centro de Operações de Emergência de Saúde da Guiné-Bissau (COES) confirmou esta terça-feira (28.04) que mais 15 pessoas recuperaram da Covid-19. Dos 74 casos de infeção identificados no país, 18 já não estão doentes com Covid-19, tendo sido registada uma vítima mortal.

O médico Tumane Baldé, porta-voz do COES, disse que as pessoas que tiveram contacto com a vítima mortal estão a ser identificadas por brigadas de resposta rápida. "Também já pedimos ao Governo para decretar o uso de máscaras obrigatório para toda a gente" para minimizar o contágio, salientou o médico, apelando ao comportamento cívico dos guineenses.

Cinco novos casos em Cabo Verde

O Ministério da Saúde de Cabo Verde anunciou esta terça-feira (28.04) cinco novos casos de Covid-19, todos no concelho da Praia. A capital cabo-verdiana, foco principal da doença no país, regista agora 57 casos positivos, num total nacional de 114 infetados.

Assistir ao vídeo 02:35

Covid-19: As dificuldades dos mais pobres em Cabo Verde

Segundo o ministério, das 83 amostras analisadas pelo Laboratório de Virologia do Instituto Nacional de Saúde Pública, permanecem pendentes os resultados de duas amostras.

O país contabiliza uma morte pelo novo coronavírus e dois recuperados. Os 114 infetados estão distribuídos pelas ilhas de Santiago (60), da Boa Vista (53) e de São Vicente (1). Estas ilhas continuam em estado de emergência até às 24:00 de 2 de maio.

Mais de 300 pessoas em quarentena na Praia

O concelho da Praia tem atualmente 305 pessoas em isolamento, de acordo com a comunicação das autoridades de saúde na segunda-feira (27.04). Mais de 440 pessoas estão em quarentena em todo o país, sobretudo pessoas que contactaram com infetados pelo novo coronavírus.

Nesta situação preventiva encontram-se 54 pessoas no concelho de Tarrafal (que tem dois casos positivos da doença), 36 em São Domingos (um caso de Covid-19) e 33 em Santa Cruz. Apenas 13 pessoas em todo o arquipélago estão em quarentena fora de Santiago: nas ilhas do Fogo, cidade de São Filipe (5), São Vicente (7) e São Nicolau (1).

Jorge Noel Barreto, diretor do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças, explicou que a atual fase ainda é de "contenção", para "evitar que a doença se espalhe de forma brusca pela população". Daí que todos os casos que acusam positivo para Covid-19 são encaminhados para espaços de isolamento, e não para casa, nas situações de doentes assintomáticos.

No entanto, Jorge Noel Barreto realça que 75% dos casos positivos em todo o país estão "assintomáticos ou com sintomas muito leves" e os restantes 25% apresentam "sintomas moderados".

Mais de 10 mil recuperados em África

Nos restantes países da África lusófona, segundo os últimos registos, Moçambique tem 76 casos, Angola 27 e São Tomé e Príncipe quatro casos de Covid-19.

O número de mortes provocadas pela Covid-19 no continente africano subiu para 1.467 nas últimas horas, com 33.273 casos da doença registados em 52 países. O número total de doentes recuperados subiu de 9.566 para 10.091.

Metade das infeções no continente, e mais de dois terços das mortes associadas à doença, estão concentradas em cinco países: África do Sul, Argélia, Egito, Marrocos e Camarões.

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados