Covid-19: Angola fecha fronteiras a África do Sul, Austrália, Nigéria e Reino Unido | Angola | DW | 26.12.2020

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Angola

Covid-19: Angola fecha fronteiras a África do Sul, Austrália, Nigéria e Reino Unido

Angola suspendeu ligações aéreas, terrestres e marítimas com a África do Sul, Austrália, Nigéria e Reino Unido, devido ao surgimento da nova variante do coronavírus SARS-CoV-2.

Angola suspendeu as ligações aéreas, terrestres e marítimas com a África do Sul, Austrália, Nigéria e Reino Unido, desde a meia noite deste sábado (26.12), devido ao surgimento da nova variante do coronavírus SARS-CoV-2.

A decisão foi tornada pública na sexta-feira (25.12) através de um comunicado dos ministérios angolanos do Interior, das Relações Exteriores, da Saúde e dos Transportes.

"Convindo garantir a prevenção e o controlo das fronteiras nacionais, estão suspensas as ligações aéreas, terrestres e marítimas de passageiros provenientes da África do Sul, da Austrália, da Nigéria e do Reino Unido, a partir da meia-noite do dia 26 de dezembro de 2020", informaram.

O mesmo comunicado adianta que serão criadas as condições para a retoma das ligações tão logo a situação epidemiológica o permita e segundo o que for determinado pelas autoridades sanitárias competentes.

Data visualization COVID-19 New Cases Per Capita – 2020-12-23 – Africa - Portuguese (Africa)

Também na sexta-feira, as autoridades de saúde angolanas reportaram 70 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, dos quais 39 do sexo masculino e 31 feminino, com idades entre 1 e 71 anos.

Entre os novos infetados, 30 são do Moxico, 14 de Luanda, 13 da Lunda Norte, seis do Bié, quatro de Cabinda, dois da Huíla e um do Uíje.

Uma mulher de 71 anos morreu devido à doença e três pessoas recuperaram.

Angola totaliza 17.099 casos, dos quais 396 óbitos, 9.921 recuperados e 6.782 ativos.

Em África, há 61.432 mortos confirmados em quase 2,6 milhões de infetados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

Entre os demais países lusófonos, Moçambique regista 156 óbitos e 18.108 casos, seguindo-se Cabo Verde (112 mortos e 11.696 casos), Guiné Equatorial (85 mortos e 5.236 casos), Guiné-Bissau (45 mortos e 2.446 casos) e São Tomé e Príncipe (17 mortos e 1.009 casos).

Assistir ao vídeo 01:39

A vacina da BioNTech funciona contra nova variante da Covid-19?

Leia mais