Covid-19: Alemanha disponível para ajudar Portugal a ultrapassar crise sanitária | Europa | DW | 28.01.2021

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Europa

Covid-19: Alemanha disponível para ajudar Portugal a ultrapassar crise sanitária

Está em curso "um diálogo" entre os Governos alemão e português sobre "um possível apoio alemão" aos esforços de Portugal para ultrapassar a atual crise sanitária da covid-19.

A Embaixada da Alemanha em Lisboa confirmou esta quarta feira, (27.01), à Lusa que está em curso "um diálogo" entre os Governos alemão e português sobre "um possível apoio alemão" aos esforços de Portugal para ultrapassar a atual crise sanitária da covid-19.  

A confirmação foi dada por fonte oficial da representação diplomática alemã na capital portuguesa numa breve declaração por escrito, após ter sido questionada pela Lusa sobre uma eventual ajuda por parte da Alemanha a Portugal no atual contexto da crise pandémica.

A mesma nota acrescentou que "a decisão sobre as áreas concretas de cooperação será tomada em estreita coordenação entre os dois Governos".

A informação sobre uma possível ajuda germânica a Portugal foi avançada pela estação televisiva, SIC, que também noticiou que um grupo de médicos militares alemães estaria em missão de observação no território português para avaliarem a falta de recursos humanos e de materiais.

Portugal Corona-Pandemie | Krankenhaus Porto

Portugal está entre os países com maior taxa de infeção por milhão de habitantes em todo o mundo

Médicos militares alemães em Portugal

Segundo fonte oficial do Hospital Amadora-Sintra, em Portugal, um pequeno grupo de médicos militares alemães esteve ontem naquela unidade hospitalar para avaliar o possível auxílio às unidades hospitalares da área metropolitana de Lisboa em termos logísticos e de equipamento no combate à pandemia.

 A visita teve contornos de "missão diplomática", consistindo numa reunião de pelo menos dois médicos militares alemães - que foram "como representantes institucionais do Governo e não na qualidade de médicos" - com um médico daquela unidade (Hospital Amadora-Sintra) e da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), de acordo com a mesma fonte.

Numa entrevista dada no início desta semana, a ministra portuguesa da Saúde, Marta Temido, afirmou que o Governo estava a "acionar todos os mecanismos" à sua disposição a nível internacional, face à situação da pandemia, com o objetivo de garantir a melhor assistência aos doentes de covid-19.

Portugal está atualmente entre os países com maior taxa de infeção por milhão de habitantes em todo o mundo. Desde o início da pandemia, já registou mais de 11.000 mortes associadas à covid-19.

Assistir ao vídeo 01:39

A vacina da BioNTech funciona contra nova variante da Covid-19?

Leia mais