Como se adaptam as metrópoles africanas à crise climática? | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 28.01.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Como se adaptam as metrópoles africanas à crise climática?

Lagos, Cairo, Kampala e Dar es Salaam estão entre as maiores cidades de África e têm de se adaptar às alterações climáticas. Ondas de calor, lixo e secas são alguns dos problemas que já enfrentam devido à crise.

Mesmo banhada pelo Nilo, a capital egípcia enfrenta problemas de abastecimento de água

Mesmo banhada pelo Nilo, a capital egípcia enfrenta problemas de abastecimento de água

Confira aqui o especial que a DW África preparou sobre as metrópoles africanas:

Metrópoles africanas adaptam-se à crise climática

As cidades de África estão a crescer. Mas vão ser as mais afetadas pelas alterações climáticas. A DW falou com 30 africanos, incluindo catadores de lixo informais e cientistas climáticos da ONU, para perceber como é que quatro grandes cidades estão a adaptar-se: Lagos a ondas de calor abrasadoras, Kampala a cada vez mais lixo, Cairo às secas iminentes e Dar es Salaam aos congestionamentos de trânsito.