Começam os primeiros Jogos Africanos de Praia | Cabo Verde | DW | 14.06.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cabo Verde

Começam os primeiros Jogos Africanos de Praia

Arrancam esta sexta-feira na ilha do Sal, em Cabo Verde, os primeiros Jogos Africanos de Praia. Deverão participar 800 atletas de 40 países, que irão disputar medalhas em 11 modalidades.

(fotografia de arquivo)

(fotografia de arquivo)

A decorrer até 23 de junho, na cidade de Santa Maria, o Sal 2019 é o maior evento desportivo realizado em Cabo Verde e oferece provas de atletismo, basquetebol 3×3, andebol de praia, vólei de praia, ténis de praia, futebol de praia, remo no mar, futebol 'freestyle', karaté kata, kitesurf e natação em águas abertas.

Cabo Verde, com uma delegação de cerca de 100 pessoas, vai competir nas 11 modalidades destes Jogos Africanos de Praia.

Nestes jogos, o antigo futebolista internacional brasileiro Ronaldinho vai estar presente como embaixador da modalidade de 'teqball' e será o convidado especial para o torneio daquele desporto, onde formará dupla com a compatriota Natália Guilter.

Esta sexta-feira (14.06), primeiro dia do Sal 2019, será colocada em circulação uma moeda de 200 escudos alusiva à prova desportiva.

A presidente do Comité Organizador dos Jogos Africanos de Praia, Filomena Fortes, disse à agência de notícias Lusa, em maio, que Cabo Verde vai ficar na história como o primeiro país a acolher os Jogos Africanos de Praia e considerou que o país tem condições para algum dia receber os Jogos Mundiais.

Para Filomena Fortes, Cabo Verde deve utilizar o legado que vai ser deixado pelos Jogos Africanos para dar outros saltos, apostar em novas modalidades e também candidatar-se a organizar outros eventos multidesportivos internacionais.

Assistir ao vídeo 04:25

Energias renováveis em Cabo Verde

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados