CIP na Alemanha: Mensagem sobre o desenvolvimento de Moçambique | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 20.03.2009

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

CIP na Alemanha: Mensagem sobre o desenvolvimento de Moçambique

Marcelo Mosse, director do CIP, esteve esta semana em Berlim, convidado pela Friedrich Ebert Stiftung, para falar com representantes do governo alemão e com instituições locais como a Transparência Internacional.

O desenvolvimento de Moçambique segue meio emperrado. O CIP está engajado em garantir integridade, transparência e ética no país.

O desenvolvimento de Moçambique segue meio emperrado. O CIP está engajado em garantir integridade, transparência e ética no país.

Numa entrevista à Deutsche Welle Marcelo Mosse falou do que veio cá fazer. O desempenho de Moçambique foi o assunto principal. O director executivo do Centro de Integridade Pública avalia os progressos do país como mistos, na medida em que algumas coisas correm bem e outras nem tanto. As reformas nas finanças públicas, aspectos legais na área de aquisições públicas, a adopção da iniciativa de transparência na indústria extractiva são alguns dos avanços que Moçambique regista e o entrevistado assume que há um cometimento por parte do governo. Enquanto isso alguns sectores estão ainda minados, regista-se lentidão na reforma contra a corrupção, a estrategia anti-corrpção do sector público precisa de ser trabalhada, há falta de espaços de participaçãpo política.

Quanto ao apoio da Alemanha à Moçambique, Mosse não é apologista da injecção directa ao orçamento de Estado mas também se mostra recticente quanto ao apoio à projectos especificos...

Áudios e vídeos relacionados