Chefes das diplomacias de Portugal e Angola reúnem-se em Lisboa | Angola | DW | 09.07.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Angola

Chefes das diplomacias de Portugal e Angola reúnem-se em Lisboa

Os ministros Augusto Santos Silva e Manuel Augusto reúnem-se esta segunda-feira, em Lisboa, num encontro de trabalho para preparar a visita oficial do primeiro-ministro português, António Costa, a Angola.

Em declarações feitas há uma semana à Lusa, Augusto Santos Silva disse que o novo embaixador angolano em Lisboa, Carlos Alberto Fonseca, iria apresentar credenciais "muito brevemente", de forma a estar "na plenitude das suas funções quando se der a visita do primeiro-ministro a Luanda".

No final de junho, fonte do Ministério das Relações Exteriores angolano indicou à Lusa que a visita de António Costa a Angola estava a ser programada para o período entre agosto e setembro. 

A mesma fonte acrescentou que o agendamento da visita do chefe do Governo português estava apenas dependente de questões de agenda de ambas as partes.

Portugal Außenminister Augusto Santos Silva

Augusto Santos Silva, MNE português

No início deste mês, o ministro das Relações Exteriores de Angola, Manuel Augusto, afirmou, em Bruxelas, que estava a trabalhar diretamente com o seu homólogo português, Augusto Santos Silva, para que o programa da deslocação de António Costa a Angola estivesse "à altura dessa visita".

Na altura, o chefe da diplomacia angolana comentou que a visita do primeiro-ministro português a Luanda "já poderia ter tido lugar antes" se não fosse o processo judicial em Portugal envolvendo ex-vice-Presidente angolano, Manuel Vicente - entretanto transferido para a justiça angolana.

A reunião de trabalho dos ministros português e angolano está marcada para as 15:30, estando agendadas declarações à imprensa para as 17:00 (hora de Lisboa).

Visita de António Costa ainda este ano

João Lourenço garantiu ainda em Estrasburgo que a visita oficial do primeiro-ministro português, António Costa, a Angola acontecerá ainda este ano e não está dependente do processo que envolve o ex-vice-Presidente angolano. "Só depende do acerto de calendários. Não tem nada a ver com o processo Manuel Vicente", reforçou.

Em declarações aos jornalistas, após o discursom no Parlamento Europeu, o Presidente de Angola assegurou que as relações com Portugal "estão boas" e que visitará o país "logo que estiverem criadas as condições". 

"As visitas a este nível, a nível de chefes de Estado, têm de ser preparadas com uma certa antecedência. Nós acordámos com as autoridades portuguesas que, antes da minha deslocação a Portugal, devo receber o primeiro-ministro português em Angola. Este processo está em curso, posso garantir que, de acordo com a agenda do próprio primeiro-ministro, António Costa, ainda este ano a visita vai acontecer", avançou.

Frankreich | Angolas Präsident Joao Lourenco im Europaparlament

João Lourenço em Estrasburgo

Leia mais