Berlim: Protestos impedem demolição de memorial para escravas sexuais coreanas | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 26.10.2020

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Berlim: Protestos impedem demolição de memorial para escravas sexuais coreanas

A inauguração de um memorial para vítimas de trabalhos sexuais forçados durante a Segunda Guerra provocou controvérsia e tensão diplomática em Seul, Tóquio e Berlim. O Japão quer a sua destruição, mas ativistas lutam contra demolição.

Assistir ao vídeo 02:48