Bayern Munique vence ″der Klassiker″ e deixa Dortmund a 7 pontos | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 26.05.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Bayern Munique vence "der Klassiker" e deixa Dortmund a 7 pontos

Golaço de Joshua Kimmich aos 43 minutos permite passo "gigante" rumo ao oitavo título consecutivo.

O Bayern Munique foi ao Signal Iduna Park e venceu o Borussia Dortmund por 0-1. O único golo da partida registou-se ao minuto 43, com um golo de "bandeja" de Joshua Kimmich.

Com este triunfo, o Bayern Munique soma agora sete pontos de avanço sobre o Dortmund, que pode deixar-se apanhar pelo RB Leipzig no 2º lugar.

Rumo ao octacampeonato?

Desde 2016 que não se registava um resultado mínimo num "der Klassiker", para a Bundesliga. O jogo, muito mas tático que técnico, sorriu aos homens do Bayern Munique, comandados por Hansi Flick.

Na primeira parte, o Bayern Munique entrou com uma mentalidade de chegar ao campo do rival e decidir o título, enquanto que o Borussia Dortmund mostrou receio em não perder o jogo, para não deixar fugir os heptacampeões. Ora foi exatamente isso que viria a acontecer.

Bundesliga - Borussia Dortmund v Bayern München

Dahoud (Borussia Dortmund) e Coman (Bayern Munique)

Depois de ter somado seis golos nos últimos dois jogos, esperava-se um Dortmund atrevido ofensivamente. Mas a equipa da casa fez apenas dois remates à baliza. Erling Haaland, com dez golos em dez jogos, não foi procurado o suficiente para ferir a defesa do Bayern Munique. Sancho, o melhor marcador e assistente da equipa no campeonato, nem surgiu na equipa titular, devido à falta de condição física.

No fim dos 90 minutos, reflete-se a classificação. Ganhou a equipa mais madura e que está habituada a resolver os campeonatos à primeira oportunidade que tem. Pode reconher-se irreverência e talento no Dortmund, mas ainda não chega para ganhar a Bundesliga a este Bayern Munique, que, a meio da época, demitiu o treinador e ficou com o adjunto...

Minuto 43

A dois minutos do fim do tempo regulamentar da primeira parte, Joshua Kimmich fez um golo que não merecia ter o estádio vazio.

Depois de uma triangulação com Müller e Coman, o médio do Bayern Munique recebeu a bola à entrada da grande área, reparou que Bürki estava ligeiramente adiantado, e, num remate desenvergonhado, fez um champéu ao suíço. O guarda-redes do Dortmund ainda esboçou defesa, mas acabou por ajudar a dar brilho à obra de arte produzida pelo médio do Bayern Munique.

O golo de Joshua Kimmich fica para história, não só pela qualidade e importância neste campeonato, mas como golo número 200 do Bayern Munique frente ao Borussia Dortmund a contar para a Bundesliga.

Bundesliga Borussia Dortmund - FC Bayern München Haaland

Erling Haaland, do Dortmund, estreou-se no "Klassiker"

Erling Haaland x Robert Lewandowski

Lewandowski vinha há seis jogos consecutivos a marcar - para a Bundesliga - frente ao rival, Borussia Dortmund. Desta feita, o melhor marcador da Bundesliga, com 27 golos em 26 jogos, ficou em branco, mas foi sempre um jogador "chato" com a defesa do Borussia Dortmund. Perto do minuto 90, Lewandowski ainda mandou a bola ao poste direito da baliza do Dortmund.

Já Erling Haaland não teve um grande primeiro "der Klassiker". O prodígio do Borussia Dortmund teve pouco espaço e foi pouco solicitado pelos colegas de equipa. O único momento digno de registo foi aos 58 minutos, quando recebeu a bola já dentro da grande área, viu Boateng cair e chutou à baliza de Neuer com perigo. No entanto, fica a ideia que Boateng desvia o remate de Haaland com o braço direito - lance passível de grande penalidade que a equipa de arbitragem comandada por Tobias Stieler não marcou.

Haaland foi substituído aos 72 minutos por Reyna, certamente numa alteração que irá dar que falar entre os adeptos do Borussia Dortmund.

Assistir ao vídeo 02:35

"Top-10" feitos na Bundesliga

Leia mais