Ansu Fati: Guineense à conquista do mundo | Guiné-Bissau | DW | 23.09.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Guiné-Bissau

Ansu Fati: Guineense à conquista do mundo

O jovem avançado de 16 anos nasceu em Bissau e é hoje a estrela emergente de um dos maiores clubes do mundo, o Barcelona.

"Os sonhos tornam-se realidade", escreveu Ansu Fati nas redes sociais a 23 de agosto. No espaço de um mês, o jovem guineense entrou para a história do Barcelona, da Liga Espanhola e da Liga dos Campeões. 

Anssumane Fati nasceu em 2002 na Guiné-Bissau, mas também é portador de passaporte espanhol. Apenas com seis anos de idade, Fati mudou-se para Espanha quando o irmão mais velho, Braima, assinou pelo Sevilha. Os dois irmãos de Fati, Braima e Miguel, também são jogadores de futebol, ambos agora ligados ao Barcelona. Em 2012, foi a vez de Ansu Fati juntar-se à "La Masia", academia de formação do Barcelona.

A 24 de julho de 2019, Fati assinou o primeiro contrato profissional com os catalães, assinando um vínculo que o liga ao Barcelona até 2022 e uma cláusula de rescisão estipulada em 100 milhões de euros.

Spanien Fußball | FC Barcelona, Antoine Griezmann & Ansu Fati

Ansu Fati é o mais jovem de sempre a marcar pelo Barcelona na "La Liga"

Estreias

 A 25 de agosto, Fati estreou-se na "La Liga" (campeonato espanhol), na vitória do Barcelona sobre o Bétis por 5-2. Ansu Fati jogou 78 minutos e foi substituído sob uma ovação dos adeptos que encheram as bancadas do Camp Nou. Já depois do apito final, Ansu Fati foi abraçado por Lionel Messi, numa imagem que junta uma lenda a uma promessa do Barcelona.

Ansu Fati é o segundo jogador mais jovem na história do Barcelona a atuar na Liga Espanhola. O guineense fez o primeiro jogo a nível profissional com apenas 16 anos, nove meses e 25 dias de idade. Se o primeiro jogo como profissional deixou Ansu Fati nas nuvens, no dia 31 de agosto, Fati marcou o primeiro golo pelo Barcelona e voltou a fazer história. No Estádio Reyno de Navarra, casa do Osasuna, o Barcelona não conseguiu mais que um empate a duas bolas, com um dos golos a ser marcado por Ansu Fati. É o jogador mais jovem a marcar pelo Barcelona na Liga Espanhola e o terceiro na história da "La Liga".

Este mês "de loucos" para Ansu Fati não passou em claro à equipa técnica do Barcelona. "O que Ansu está a jogar não é normal", elogiou o técnico do Barcelona, Ernesto Valverde, um treinador reconhecido pela tranquilidade e postura reservada. O rapaz tem "algo de especial" e é "muito maduro para a sua idade", acrescentou Valverde.

Manchetes

Desde a primeira aparição que Ansu Fati encantou e preencheu as capas dos maiores jornais desportivos em Espanha.

"Nasceu uma estrela", foi a capa do jornal espanhol "Marca" a 15 de setembro. Já o jornal "AS", escreveu que viu um "excelente espetáculo" do jovem. "Ansu, de que planeta vieste?", perguntou o jornal catalão "Sport" na primeira página.

Seleção Nacional

Na passada sexta-feira (20.09), Ansu Fati conseguiu a nacionalidade e passaporte espanhol. Desta forma, Fati foi chamado pela Federação Espanhola para participar no Campeonato do Mundo sub-19, organizado pela FIFA, que se jogará no Brasil entre outubro e novembro. 

Ansu Fati, FC Barcelona

Ansu Fati leva 2 golos e 1 assistência em cinco jogos oficiais.

Ansu Fati vive um grande momento de forma. Em cinco jogos oficiais, leva dois golos e uma asistência. Nada mau para um jovem que irá jogar na sombra de nomes como Messi ou Dembélé e que atua num dos maiores clubes do futebol mundial.

Ansu Fati tem o talento, os colegas e um clube exemplar para se poder transformar num fénomeno do futebol mundial. Só o tempo dirá se vai virar jogador ou promessa de antigamente.

Leia mais

Links externos