Angola: Inundações deixam famílias do Kwanza Norte sem casa | Angola | DW | 04.04.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Angola

Angola: Inundações deixam famílias do Kwanza Norte sem casa

Fortes chuvas destruíram mais de 200 casas em zonas ribeirinhas de risco na cidade de N'dalatando, a capital da província angolana do Kwanza Norte.

Casa foi destruída pelas chuvas na província do Kwanza Norte, em Angola

Casa destruída pelas enxurradas no Kwanza Norte, em Angola

Várias famílias perderam as suas casas devido às fortes chuvas que caíram sobre N'dalatando, a capital da província do Kwanza Norte, em Angola, entre sexta-feira e este sábado (04.04). As enxurradas duraram mais de oito horas e deixaram um enorme rasto de prejuízos. 

Casas são destruídas pelas enxurradas no Kwanza Norte, em Angola

Áreas ribeirinhas foram destruídas pelas inundações no Kwanza Norte

Os bairros mais afetados foram Kamunzuzulu, Posse, Valódia, Sambizanga, Kamungu, Vieta, São Filipe, Ilha, 11 de Novembro, Kibuangoma e Kilamba Kiaxi. As referidas áreas ribeirinhas são consideradas zonas de risco. Muitos cidadãos construíram as suas casas à beira dos riachos Muembeji, Katende e Kamungo.

Imaculada Chilombo, residente do bairro Sambizanga, viu a sua casa destruída pela chuva e não conseguiu retirar nenhum mobiliário e utensílio doméstico. "Até temos óbitos. Ficamos por três horas no sereno. Assustei, porque a minha casa caiu. Quatro casas desabaram e várias ficaram inundadas. Nós vivemos em seis pessoas na minha casa", lamentou. 

Isabel Salvador é moradora na mesma zona ribeirinha. Em entrevista à DW África, afirmou que já não tem casa desde o ano passado, que foi destruída no ano passado pelas enxurradas. A nova casa que arrendou também não foi poupada pela fúria das águas.

Mais de 200 casas destruídas

O responsável provincial dos serviços de proteção civil e bombeiros local, Zacarias Kinanga, fez um balanço provisório dos estragos da chuva e disse que 275 casas ficaram destruídas e várias famílias estão ao relento. 

Enchentes no Kwanza Norte, Angola

Enchentes no Kwanza Norte deixaram famílias desalojadas

Em declaração à imprensa local, o administrador municipal de Cazengo, Malundo Fausto Catessamo, disse que a maior parte da população construiu as suas casas em zonas de riscos. A previsão é que essas famílias sejam reassentadas no mês de maio, onde estão loteadas parcelas de terrenos. 

Não é a primeira vez que várias famílias no Kwanza Norte ficam sem teto devido às chuvas fortes que se têm ocorrido em várias regiões da província. Muitas famílias nunca foram realojadas. 

Áudios e vídeos relacionados