10 anos do ataque à seleção de futebol do Togo em Cabinda | MEDIATECA | DW | 09.01.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

MEDIATECA

10 anos do ataque à seleção de futebol do Togo em Cabinda

A 8 de janeiro de 2010, o autocarro da selecção nacional do Togo foi atacado em Cabinda, quando seguia para a CAN. O ataque deixou dois mortos e vários feridos, entre eles Kodjovi Obilalé. As lesões forçaram o guarda-redes a abandonar a carreira. Formou-se em educação especial e escreveu uma autobiografia. Foi agora reconhecido com o prémio especial da Confederação Africana de Futebol.

Assistir ao vídeo 01:24