1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Zuckerberg vai doar 99% de suas ações no Facebook

Recursos irão para uma fundação que terá nome do bilionário e sua esposa e serão usados para "fazer do mundo um lugar melhor". Anúncio é feito depois do nascimento da filha do casal.

default

Zuckerberg, Chan e a nova filha em imagem divulgada pelo Facebook

O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, e sua esposa, Priscilla Chan, anunciaram nesta terça-feira (1º/12) que vão doar praticamente toda a sua fortuna para fazer do mundo "um lugar melhor" para a sua filha recém-nascida, Max, e outras crianças.

Em carta aberta dirigida a Max e "postada" no Facebook, Zuckerberg e Chan afirmaram que vão doar 99% das ações da empresa, com um valor estimado de 45 bilhões de dólares. A doação não acontecerá de uma vez, mas ao longo da vida deles.

Os recursos serão utilizados em causas como o combate a doenças, a melhora da educação e o fortalecimento de comunidades, escreveram Zuckerberg e Chan. Para alcançar esses objetivos, o casal vai criar uma fundação, chamada Iniciativa Chan Zuckerberg, que usará os recursos em doações para a caridade, investimentos privados e apoio a políticas governamentais.

"Max, nós te amamos e sentimos uma grande responsabilidade em fazer do mundo um lugar melhor para ti e para todas as crianças. Desejamos-te uma vida com o mesmo amor, esperança e alegria que nos deste. Aguardamos ansiosamente para ver a tua contribuição para este mundo", acrescentaram os pais, na carta à filha.

"Como todos os pais, queremos que você cresça num mundo melhor do que o nosso de hoje", escreveu o casal. Max nasceu na semana passada, mas a novidade só foi divulgada nesta terça-feira.

O anúncio foi bem recebido nos meios de caridade. "É incrivelmente impressionante e um valor enorme que realmente ofusca tudo que já vimos em termos de grandeza", afirmou Phil Buchanan, presidente da Center for Effective Philanthropy, uma associação sem fins lucrativos que ajuda entidades de caridade a aplicar seus recursos de forma mais eficaz.

A Fundação Bill e Melinda Gates, por exemplo, administra 41 bilhões de dólares, que incluem recursos doados pelo fundador da Microsoft e por um amigo dele, o empresário Warren Buffett.

AS/lusa/ap

Leia mais