1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Zoológico de Berlim homenageia urso-polar Knut

A estátua de Knut, o urso-polar mais querido da Alemanha, foi inaugurada no Zoológico de Berlim, onde ele morava. Knut morreu subitamente no ano passado de encefalite, entristecendo fãs de todo o mundo.

A estátua do ursinho Knut foi inaugurada nesta quarta-feira (24/10), no Zoológico de Berlim. Uma pequena multidão de 300 pessoas se reuniu para prestar homenagem ao querido urso-polar.

A história de Knut cativou os alemães e amantes dos animais em todo o mundo. Ele nasceu no zoológico em 2006, mas foi rejeitado pela mãe.

Knut und Betreuer Thomas Dörflein

O tratador Dörflein e Knut estiveram juntos por dois anos

Seu tratador, Thomas Dörflein, alimentou Knut com uma mamadeira, e quando ele atingiu a adolescência, em 2007, já era uma celebridade internacional.

O Zoológico de Berlim registrou um aumento acentuado no número de visitantes que queriam ver Knut, e a publicidade em torno do urso-polar gerou uma corrida aos produtos de sua “marca”.

O relacionamento brincalhão entre o tratador e seu urso adotado chamava a atenção do público e ajudava a construir a imagem charmosa de Knut.

Dörflein morreu há quatro anos de insuficiência cardíaca. O urso-polar Knut sofria de encefalite, que passou despercebida, e morreu afogado em março de 2011.

Como a simpatia pelo ursinho vinha de todo o mundo, o Zoológico de Berlim encomendou ao artista ucraniano Josef Tabachnyk uma estátua de Knut.

Intitulado "Knut - O Sonhador", a estátua de bronze retrata o jovem urso descansando em uma pedra.

Algumas pessoas choraram durante a cerimônia de inauguração e outras trouxeram flores. A mãe de Dörflein também esteve presente na cerimônia e trouxe um girassol em memória do filho e sua dedicação a Knut.

AFN/dpa/afp
Revisão: Francis França

Leia mais