1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Zé Roberto mantém Bayern na liderança

Brasileiro foi o motor da vitória de 1 a 0 do Bayern de Munique. Pelo mesmo placar, Borussia Dortmund defendeu a vice-liderança. Werder Bremen pulou para a terceira posição da tabela, ao golear Kaiserslautern por 5x3.

default

Effenberg disputou o primeiro jogo contra seu ex-colega Kahn

Embora ainda esteja longe de empolgar sua torcida, o Bayern de Munique venceu mais uma vez e segue tranqüilo na liderança do Campeonato Alemão. A vitória de 1 a 0 sobre o Wolfsburg no Estádio Olímpico não deixou de ser merecida, mas um empate também não teria sido injusto.

Acionado principalmente pelo brasileiro Zé Roberto – que fez sua melhor atuação até hoje por seu novo clube –, o ataque bávaro só conseguiu colocar uma bola na rede adversária. Após cruzamento do ex-lateral do Flamengo, o paraguaio Roque Santa Cruz cabeceou e definiu o placar.

Élber, Ballack, Scholl e o próprio Zé Roberto também tiveram suas oportunidades de marcar, mas encontraram no goleiro Rettmaier um grande obstáculo. Já o Wolfsburg dominou boa parte da partida, mas foi incapaz de ameaçar a meta de Kahn. "Não foi grande, mas foi mais um passo adiante", resumiu satisfeito o técnico Ottmar Hitzfeld do Bayern.

Autocrítica - "Eles tiveram que suar para ganhar, nos permitiram muitas chances de gol", analisou o armador Effenberg, ex-capitão do Bayern e atual do Wolfsburg. "Quando se tem três, quatro chances certas de gol, tem-se de aproveitar pelo menos uma", afirmou Effenberg, responsabilizando a ineficiência dos atacantes de sua equipe pela derrota.

Em sua primeira partida contra o ex-time desde sua transferência, Effenberg foi motivo de confraternização em campo, com os ex-colegas de equipe e com a velha torcida, que o saudou educadamente. O desejo de revanche contra o ex-patrão – que o dispensou ao fim da temporada passada por considerá-lo obsoleto –, porém, ficou para uma outra vez.

Demais jogos - Em Dortmund, a defesa da vice-liderança pelo Borussia coube igualmente a um brasileiro. Éwerthon fez o único gol da vitória sobre o 1860 Munique. Já o Hertha Berlim superou o fantasma Hannover também por 1 a 0, enquanto o Stuttgart não conseguiu mais do que um empate (1x1) em Rostock contra o Hansa.

Em Cottbus, o Energie quebrou seu jejum de 618 minutos (quase sete jogos) sem marcar e venceu o Arminia Bielefeld por 2 a 1, saindo da lanterna.

Leia mais