1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Zé Roberto: fora da Seleção, rumo ao Bayern de Munique

No auge da carreira e campeão de assistências da Bundesliga, meia esquerda não foi mais procurado por Felipão desde a última vez que jogou na Seleção em novembro. Brasileiro se acha injustiçado, assim como Amoroso.

default

Zé Roberto (à frente de Dede) foi eleito seis vezes para a seleção da rodada do Campeonato Alemão

Único jogador titular do Bayer Leverkusen que não serve à seleção de seu país, o brasileiro Zé Roberto lamenta não ter sido convocado para a Copa do Mundo. "Não vou dizer que não fiquei chateado. Afinal, estou no melhor momento da minha carreira", afirmou o meia esquerda de 27 anos ao DW-WORLD.

O ex-jogador do Flamengo, Real Madrid e Portuguesa de Desportos não foi mais convocado por Luís Felipe Scolari desde os dois últimos jogos das Eliminatórias da Copa, contra a Bolívia e a Venezuela, em novembro. Zé Roberto diz que, desde então, não foi sequer procurado pelo treinador da Seleção Brasileira ou por qualquer outra pessoa da CBF.

A ausência do craque do Bayer Leverkusen no escrete que Felipão chamou para levar à Coréia do Sul e ao Japão causou incompreensão na Alemanha. Durante a transmissão da final da Copa Alemanha, no último sábado, Zé Roberto deu uma bela bicicleta ao concluir um ataque, arrancando um comentário irônico do narrador Johannes Kerner: "Só mesmo o Brasil para se dar a um luxo destes."

Amoroso, outro injustiçado – O campeão de assistências (passes que resultaram em gol) do Campeonato Alemão acredita que teria vaga para ele na seleção. "Não estou só no auge de minha carreira. Tenho experiência de outra copa", lembra. Zé Roberto também lamenta que Felipão não tenha sequer testado o atacante Amoroso, artilheiro e campeão da Bundesliga pelo Borussia Dortmund. "Vejo alguma injustiça", acrescentou.

O meia esquerda está pessimista quanto ao papel que o Brasil fará na Copa e vê até alguma vantagem da Alemanha. "Ainda não temos sequer um time formado. Já os alemães conseguiram ao menos compor um time-base durante as Eliminatórias", ponderou o jogador, que na final da Copa Alemanha fez possivelmente sua última partida pelo Bayer Leverkusen, ficando de fora da decisão da Liga dos Campeões devido à suspensão por cinco cartões amarelos.

Além disto, se a Seleção Brasileira não quer Zé Roberto, o Bayern de Munique sim. O meia esquerda não esconde que o recordista de títulos da Alemanha já contatou o Bayer Leverkusen para levá-lo para a Baviera.

"Mas o clube só vai tratar do assunto agora, depois da final da Liga dos Campeões. Ainda tenho uma temporada para jogar no Leverkusen, mas para o próprio clube é mais interessante me negociar agora, pois ao fim do contrato tenho passe-livre", revela o brasileiro, sem esconder seu interesse em ir para o Bayern, no qual joga Élber (Paulo Sérgio não terá seu contrato renovado).

Leia mais