1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

A luta pela democracia

Yushchenko, herói fracassado da revolução ucraniana?

Ele foi mentor da Revolução Laranja na Ucrânia. Mas sua forma de governar decepcionou admiradores e a população em geral. "Yushchenko causou graves danos à democracia", acusam os críticos.

Viktor Andriyovich Yushchenko recebeu a equipe da DW com bacon ucraniano e pão. Seu escritório é decorado com arte ucraniana e fotos dele próprio como presidente, ao lado do povo.

Yushchenko foi um dos heróis da Revolução Laranja, um movimento pró-Ocidente que entusiasmou a população da Ucrânia em 2004. No entanto, quando ocupou a presidência do país, entre o início de 2005 e fevereiro de 2010, ele decepcionou seus seguidores.

Ocupado com querelas com a chefe de governo Julia Timoshenko, ele não cumpriu com suas promessas políticas: menos corrupção, mais progressos sociais e um curso definitivamente pró-Europa. Essas eram suas plataformas políticas. E Yushchenko não conseguiu nada disso. Pior ainda, um retrocesso. Ele tolheu a liberdade que havia na época para jornalistas e ONGs. Uma troca real de sistema e mudanças sociais foram esperadas em vão pelos ucranianos.

"Yushchenko causou um dano grave à democracia", dizem os críticos. Ele se ligou à oligarquia e a um aparelho estatal corrupto, priorizando, como todos os outros, a si próprio, o próprio bolso.

Hoje, seu partido Nossa Ucrânia desempenha somente um papel marginal no cenário político do país, sendo considerado um "partido estratégico". Esse partido "não exerce, de fato, o papel de oposição".

Ele critica de forma tímida o presidente Yanukovich e os problemas do país. Assim, no final das contas, acaba apoiando o governo não democrático de Yanukovich, que pode levar o país a uma ditadura. Yushchenko acabou se transformando no herói fracassado da revolução ucraniana.

Leia mais