Wittenberg celebra os 500 anos do início da Reforma | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 18.09.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Wittenberg celebra os 500 anos do início da Reforma

Wittenberg, cidade onde Lutero pregou suas teses na porta da igreja, abre neste final de semana a Década de Lutero e começa as festividades pelos 500 anos do início da Reforma.

default

Lutero teria pregado suas teses na porta da igreja de Wittenberg

Em setembro de 1508, um monge de 24 anos de idade chamado Martinho Lutero (1483-1546) mudou-se de Erfurt para Wittenberg, onde pretendia continuar seus estudos. Nove anos mais tarde, conta a história que ele pregaria na porta da igreja do castelo de Wittenberg suas 95 teses contra o comércio de indulgências, o que marcaria o início da Reforma Protestante.

Luther-Denkmal in Wittenberg

Estátua de Lutero no centro de Wittenberg

Meio milênio mais tarde, no próximo sábado (20/09), o reformador voltará à cidade. Na realidade, será um ator representando o teólogo, que será recebido na entrada de Wittenberg, com muita música e vinho. As festividades prosseguirão até 2017, em diversas cidades relacionadas a Lutero. Um culto festivo abrirá a Década de Lutero no próximo domingo.

"Estamos esperando milhares de pessoas de todo o mundo neste final de semana, entre elas alguns teólogos famosos", anunciou Johannes Winkelmann, diretor da associação cultural Wittenberg.

De Erfurt a Wittenberg

Três ciclistas farão a rota de Lutero, partindo do mosteiro agostiniano de Erfurt até Wittenberg, onde anunciarão a "chegada" de Lutero. Este havia entrado para o mosteiro em 1505, depois de quase ser atingido por um raio.

No jardim da casa onde morou Lutero – hoje patrimônio mundial da Unesco – haverá uma festa popular no sábado. Lutero e a Reforma são as principais atrações turísticas de Wittenberg, no estado de Saxônia-Anhalt, no leste da Alemanha. A pequena cidade de 47 mil habitantes atrai a cada ano cerca de 400 mil turistas do mundo inteiro. (rw)

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados