1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Williams declara-se na briga pelo título de 2002

Na apresentação do FW24, a escuderia inglesa, com motor alemão, anunciou que este ano quer desafiar a Ferrari. Rivalidade entre Ralf e Montoya começa a transparecer. Modesta, Sauber também mostra seu novo carro.

default

Ralf Schumacher e Montoya apresentam o Williams FW24 em Silverstone

Ralf Schumacher quer conquistar o Campeonato Mundial. Nick Heidfeld deseja manter-se como "o melhor do resto". Enquanto o tetracampeão mundial Michael Schumacher aguarda até 6 de fevereiro para mostrar sua nova Ferrari, a Williams-BMW e a Sauber-Petronas apresentaram, nesta sexta-feira, seus carros para a temporada 2002, 37 dias antes do primeiro grande prêmio, em Melbourne, dia 3 de março.

Seis dias após a McLaren-Mercedes, Ralf Schumacher e Juan Pablo Montoya descobriram para público, em Silverstone, o FW24, que usarão este ano. Na cerimônia, ficou claro que a Williams-BMW abandonou a modéstia dos últimos anos. "Nós devemos ser sérios desafiantes na luta pelo título", anunciou Frank Williams, chefe da escuderia. Muito se espera do novo motor BMW de 870 cavalos.

"Nossa meta é derrotar a Ferrari e a McLaren. Queremos ganhar tantas corridas quanto possível e tratar para que o campeonato seja bem emocionante. Mas não devemos fixar nossos objetivos alto demais", afirmou Ralf Schumacher, tentando ainda resguardar alguma modéstia.

Concorrência externa e interna – A pressão sobre a Williams-BMW é enorme. O próprio Michael Schumacher declarou seu irmão e Montoya como os grandes rivais este ano, relegando à McLaren papel secundário. "Quando se quer desafiar a Ferrari, é preciso ser agressivo e competitivo. Estou certo de que tomamos um caminho em que seremos vitoriosos no fim", comentou Gerhard Berger, diretor de automobilismo da BMW.

Ralf afirmou não estar preocupado com um possível duelo com o emotivo parceiro colombiano. "Não vamos casar, mas fazemos uma equipe perfeita", garante o alemão, confiante de que será melhor que Montoya. "Naturalmente serei mais rápido. Afinal tenho uma boca a mais para alimentar", brincou Ralf, deixando a modéstia de lado e referindo-se à chegada de seu primeiro filho. "A concorrência já sabe agora do que sou capaz. Meu objetivo é ser ainda melhor", respondeu Montoya.

Sauber – Na escuderia suíça, as metas não são tão ambiciosas. O alemão Nick Heidfeld e seu novo parceiro brasileiro, Felipe Massa, querem manter a equipe como "a melhor do resto". "Nosso objetivo é repetir o quarto lugar do campeonato de construtores", anunciou Quick Nick, na apresentação do C21, no Museu do Avião de Dübendorf, perto de Zurique. O novo Sauber possui, como em 2001, motor da Ferrari.

Leia mais

Links externos