1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Westerwelle é candidato do FDP ao cargo de Chanceler

Pela primeira vez na sua história, o FDP apresentará um candidato próprio ao cargo de Chanceler Federal da Alemanha. Guido Westerwelle disputará o cargo com Gerhard Schröder (SPD) e Edmund Stoiber (CDU/CSU).

default

Westerwelle fará a sua campanha eleitoral no «Guidomobil» do FDP

Com apenas dois votos contrários, os delegados à convenção partidária dos liberais nomearam Guido Westerwelle neste domingo (12/05), em Mannheim, como candidato do partido a Chanceler Federal da Alemanha, nas eleições parlamentares de 22 de setembro deste ano.

Com isto, o presidente do FDP torna-se o segundo concorrente do atual ocupante do cargo, chanceler Gerhard Schröder (SPD), ao lado de Edmund Stoiber (CDU/CSU).

O próprio Guido Westerwelle reconhece a impossibilidade de seu partido chegar ao poder. Mesmo que o FDP atinja o seu objetivo de 18% de votos, não terá qualquer chance de impor-se à frente de um governo federal.

Alternativa concreta

A candidatura deverá deixar clara, porém, a posição dos liberais, que querem apresentar-se ao eleitorado como alternativa concreta aos dois grandes partidos da Alemanha.

Até agora, o FDP sempre disputou as eleições como parceiro potencial de coalizão, ora com o SPD, ora com a CDU/CSU. E, assim, nunca apresentou candidato próprio à chefia de governo.

Reformas neoliberais

A campanha eleitoral dos liberais será baseada na promessa de redução dos impostos e na introdução de reformas neoliberais, beneficiando sobretudo as empresas de pequeno e médio portes, bem como as microempresas.

As pesquisas de intenção de voto ainda atribuem ao FDP entre 8 e 12% da votação. Com a personificação da campanha em torno ao nome de Guido Westerwelle, acreditam os estrategistas liberais, será possível atingir a meta estabelecida, de 18% dos votos.

Leia mais

Links externos