1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Werder cai para terceiro lugar e Stuttgart é o novo vice-líder

Numa rodada de tropeços dos "grandes", equipe de Mario Gomez avança para o segundo lugar com a goleada de 4 a 0 sobre o Frankfurt. Bayern e Werder Bremen são derrotados. Schalke empata e mantém liderança.

default

Mario Gomez, cercado por dois jogadores do Frankfurt, foi o destaque do Stuttgart

Numa rodada repleta de tropeços dos líderes, o Stuttgart foi a única equipe do primeiro escalão a vencer e acabou desbancando o Werder Bremen do segundo lugar, diminuindo para cinco pontos a diferença em relação ao líder, o Schalke, e ainda abrindo sete pontos de vantagem sobre o Bayern de Munique, atual campeão.

A quarta vitória consecutiva foi uma goleada de 4 a 0 sobre o Eintracht Frankfurt, na sexta-feira (16/02). Apesar do bom jogo de equipe, o Stuttgart deve a vitória principalmente a Mario Gomez, que deu o passe para o primeiro gol, logo aos 2min, e marcou o segundo, aos 16min, praticamente liquidando a partida, disputada na casa do adversário. Gomez é o artilheiro isolado do Campeonato Alemão, com 13 gols.

O hispano-alemão atrai cada vez mais atenções, e não apenas do técnico da seleção, Joachim Löw, ou da imprensa alemã. Olheiros da Juventus Turin, do Arsenal e do Liverpool foram a Frankfurt observar a nova sensação do futebol alemão. Mas a diretoria do Stuttgart já avisa: "Mario não está à venda".

Crise em Bremen

Werder Bremen vs.Hamburger SV

Klose (c) não marcou e o Werder perdeu o clássico

Em Bremen, começa-se a falar em crise. A terceira derrota consecutiva na Bundesliga mudou o ambiente antes alegre no Werder Bremen, que foi "campeão" do primeiro turno. De lá para cá, a equipe cedeu a primeira posição ao Schalke e agora perdeu também o segundo lugar (e uma vaga direta para a Liga dos Campeões) para o Stuttgart. Sete pontos afastam o Bremen da liderança.

Para piorar as coisas, a derrota no último final de semana foi em casa e para o arqui-rival, o Hamburgo. O clássico do norte alemão terminou com vitória de 2 a 0 para os hamburgueses, após um dia inspirado de Rafael van der Vaart, autor dos dois gols da partida e comandante do ataque do Hamburgo.

Mesmo após a terceira derrota consecutiva, o técnico Thomas Schaaf não entrega os pontos. "Estabelecemos uma meta e não vamos mudá-la assim tão fácil. Continuamos em busca do título", afirmou, em sintonia com o discurso da direção do clube.

Bundesliga Schalke 04 Wolfsburg

Kevin Kuranyi marca de cabeça o primeiro gol

Mas o jogadores estão menos otimistas. "Por ora, o título está fora de questão", afirmou o artilheiro Miroslav Klose, criticado pela sua fraca atuação. Opinião semelhante tem Torsten Frings: "Não precisamos mais olhar para o alto", disse, em referência ao primeiro lugar.

Do lado do Hamburgo, a vitória elevou a euforia entre os jogadores, mas o técnico Huub Stevens adverte: "Ainda não conquistamos nada". A equipe soma 21 pontos e deixou a lanterna do campeonato, ocupando a 17ª posição. Mas são apenas três pontos de diferença em relação ao 11º colocado, o Mainz.

Schalke: empate no final

Marcelinho Wolfsburg Schalke Bundesliga

Marcelinho comemora após seu primeiro gol pelo Wolfsburg

O Schalke também decepcionou e não conseguiu mais do que um empate em 2 a 2 diante do Wolfsburg. A partida parecia encerrada aos 30min de jogo, após dois gols de Kevin Kuranyi. Mas o Wolfsburg voltou determinado no segundo tempo e chegou ao empate em dois gols muito parecidos: uma cobrança de falta de Marcelinho, de longa distância, encontrou Diego Klimowicz na área. No primeiro gol, ele acertou a cabeçada. No segundo, errou, e a bola entrou direto para o gol. Foi o primeiro gol de Marcelinho pelo Wolfsburg.

Ainda que tenha perdido a oportunidade de estabelecer a marca de sete vitórias consecutivas com o gol de Klimowicz, marcado aos 44min do segundo tempo, o Schalke cravou outro recorde: está há 13 jogos sem perder na Bundesliga.

Bayern perde outra

Já o Bayern de Munique afunda na crise poucos dias antes de enfrentar o Real Madrid pela Liga dos Campeões. Os bávaros perderam mais uma partida, desta vez por 1 a 0, e começam a virar "freguês" do Alemannia Aachen – foi a terceira derrota consecutiva no estádio Tivoli.

Bundesliga Saison 2006/07 Alemannia Aachen - FC Bayern München Spezialbild

Klitzpera (e) vê a bola rolar devagar para dentro do gol do Bayern



Em Munique, ninguém mais fala em ser campeão. O temor agora é de que o clube perca também uma vaga na Liga dos Campeões. Seria a primeira vez em 12 anos que o Bayern não disputaria a principal competição internacional européia. Quarto colocado, o Bayern se vê ameaçado também pelo avanço do Nürnberg, que venceu o Cottbus por 1 a 0 e ocupa a quinta colocação na tabela, com 36 pontos, apenas um atrás dos bávaros.

O único gol da partida saiu logo aos 10min. Após uma defesa parcial de Oliver Kahn, a bola sobrou para Klitzpera, que, dentro da área e cercado por toda a zaga do Bayern, chutou fraco para dentro das redes. A apresentação do Bayern irritou o goleiro Kahn, que cobrou mais empenho dos companheiros de equipe.

Leia mais