1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Werder Bremen perde a liderança da tabela

A terceira rodada da Bundesliga terminou com duas surpresas: no sábado, o Bayer Leverkusen deixou o Bayern de Munique sem fôlego com um 4 a 1. No domingo, foi a vez do Wolfsburg tirar o Werder Bremen da liderança.

default

França (e) marcou dois para o Leverkusen; na foto, com Zé Roberto, do Bayern de Munique

A terceira rodada da Bundesliga terminou recheada de surpresas. A grande sensação ficou por conta do Wolfsburg, que destituiu o Werder Bremen da liderança da tabela com uma vitória por 2 a 1 neste domingo. Os dois gols saíram já no começo da partida: minutos após o primeiro gol de Thomas Brdaric, veio o 2 a 0 de Pablo Thiam. O Bremen tentou revidar com um gol de Miroslav Klose aos 25 minutos do segundo tempo, mas já era tarde demais.

No sábado, o Bayer Leverkusen tirou o fôlego do Bayern de Munique com um amargo 4 a 1, garantindo a liderança da tabela. O brasileiro França e o búlgaro Dimitar Berbatow deixaram os adversários tontos com dois gols cada. O Leverkusen liderou a partida por 4 a 0, até que o novo capitão da seleção alemã, Michael Ballack, conseguiu marcar um gol de honra. O presidente do clube, Karl-Heinz Rummenigge, não escondeu o desgosto: "Tem jogos que é melhor não comentar. Esse foi um deles".

Aílton pouco esportivo

Motivo de comemoração faltou também para o Schalke, que perdeu por 2 a 0 para o Hansa Rostock. Os milhões de euros que o time investiu em novos jogadores para a temporada ainda não vingaram. Um deles foi o brasileiro Aílton, eleito Jogador do Ano em 2004, que o time comprou do Werder Bremen – como se não bastasse sair sem marcar gol, ele ainda levou um cartão vermelho por agredir dois adversários a tapas.

Stromausfall zum Bundesligaauftakt

Aílton conversa com o técnico Jupp Heynckes (d), pouco antes do início da partida

Nervoso, Aílton deixou imediatamente o estádio, sem saber que havia sido sorteado para um exame antidoping. Foi o gerente do time quem o convocou por celular a voltar ao estádio. Segundo o goleiro e capitão do Schalke, Frank Rost, Aílton devia estar insatisfeito por não ter marcado nenhum gol. "É sinal de que alguma coisa está errada, senão não se faz uma coisa dessas."

Já o investimento milionário do Hamburgo deu retorno. As três novas aquisições – Daniel van Buyten, Emile Mpenza e Benjamin Lauth – garantiram um 4 a 3 contra o Nürnberg. Os três gols do adversário foram do eslovaco Marek Mintal. "Sabíamos que tínhamos perdido os dois primeiros jogos e precisávamos de uma vitória a qualquer preço", disse o técnico Klaus Toppmöller. "Agora podemos trabalhar com mais calma e ver no que vai dar."

Kaiserslautern em má fase

Para o Kaiserslautern, não há muito o que discutir: com três jogos e três derrotas, o time teve seu pior começo de todos os tempos em uma Bundesliga. Mesmo os dois gols contra o Stuttgart foram pouco: o time perdeu por 2 a 3. A coisa agora pode ficar preta para o técnico Kurt Jara.

Três partidas terminaram em 1 a 1: Freiburg contra Borussia Mönchengladbach, Borussia Dortmund contra Hannover 96 e Hertha Berlim contra o Mainz 05. Para os berlinenses, foi o terceiro empate em três partidas.

O Bochum escapou por pouco do mesmo destino: após dois empates, o time conseguiu finalmente uma vitória contra o Arminia Bielefeld, com um gol do senegalês Momo Diabang, que o time havia comprado do próprio Bielefeld no verão de 2003.

No topo da tabela estão agora o Bayer Leverkusen e o Stuttgart, com sete pontos cada. O Werder Bremen e o Wolfsburg seguem, com seis pontos, na segunda posição. Até agora, só o Kaiserslautern não marcou ponto nenhum.

Leia mais