1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Werder Bremen está de olho em três brasileiros

Técnico Thomas Schaaf interessado nos zagueiros paulistas Jean, Preto e Emerson.

default

Equipe de Aílton procura reforço no Brasil

A viagem do treinador do Werder Bremen, Thomas Schaaf, à América do Sul, no último final de semana, deveria permanecer em sigilo, mas acabou vazando à imprensa alemã. Segundo informações da revista de esportes kicker, Schaaf assistiu à vitória do Santos sobre o São Paulo, por 3 a 2, de olho na defesa dos times paulistas.

O Werdern Bremen, time de Aílton, vice-artilheiro do Campeonato Alemão com 14 gols, estaria interessado em contratar pelo mais um jogador brasileiro. Na lista dos preferidos por Schaaf estariam o zagueiro central Jean, nome artístico de Ferreira Narde (22), seguido por Marcos Antônio Costa, o Preto (23), autor do gol da vitória do Santos, e Emerson (27), que o São Paulo poupou no jogo.

Talentos - Segundo a kicker, Jean e Preto "são considerados grandes talentos e estão entre melhores defensores do futebol brasileiro". O problema de Preto é que o Santos está proibido pela FIFA de participar de transferências internacionais de jogadores, devido a irregularidades num negócio com a Inter de Milão.

O presidente do Werder Bremen, Jürgen Born, que já atou como banqueiro no Brasil, garante que isso não representa nenhum obstáculo a um eventual entendimento com o clube paulista. "Se nós quisermos um jogador de lá, nós o conseguiremos", afirma.

Os brasileiros, porém, não são os únicos candidatos na lista de Schaaf. O técnico alemão também já observou o zagueiro croata Goran Sablic, do Hajduk Split. O Werder Bremen, sétimo colocado no Campeonato Alemão, procura um reforço para a zaga, por dois motivos: especula-se que o zagueiro Frank Baumann pode ir para o Bayer Leverkusen ou Schalke 04; e a equipe ainda tem chances de se classificar para a próxima Copa da UEFA, se atingir o quinto lugar no campeonato nacional.