1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Werder Bremen e Schalke vencem e se mantêm na ponta

Equipe de Diego e Naldo faz 2 a 0 no Leverkusen e Schalke sofre para derrotar o Aachen por 2 a 1. Bayern empata sem gols com o Bochum em pleno Allianz Arena e demite técnico Felix Magath.

default

Frings, Borowski, Klose e Jensen comemoram gol na vitória sobre o Leverkusen

O líder Werder Bremen e o vice-líder Schalke ampliaram para sete pontos a sua vantagem em relação ao terceiro colocado no Campeonato Alemão. Com as vitórias nesta quarta-feira (31/01), as duas equipes chegaram aos 42 pontos, contra 35 do terceiro colocado, o Stuttgart. Jogando no Allianz Arena, o Bayern não passou de um empate sem gols com o fraco Bochum e, com 34 pontos, caiu para a quarta colocação.

O mau desempenho dos bávaros no início do returno custou o emprego do técnico Felix Magath. Seu sucessor é Ottmar Hitzfeld, que havia treinado o Bayern antes de Magath. A quarta-feira foi ruim para os técnicos da Bundesliga: além de Magath, caíram Jupp Heynckes, que encaminhou sua demissão ao Borussia Mönchengladbach, e Thomas Doll, que finalmente esgotou a paciência dos diretores do Hamburgo após mais um empate.

Clássico: Werder contra Schalke

Bundesliga Fußball 19. Spieltag Bayer 04 Leverkusen gegen SV Werder Bremen

Andrej Voronin, do Leverkusen, disputa bola com Jensen, do Bremen

Os resultados da rodada do meio de semana elevaram a expectativa para o clássico deste domingo: Werder Bremen e Schalke se enfrentam no Weserstadion e decidem quem ficará com a liderança. Para as duas equipes, a vitória traria não apenas importantes três pontos, mas também um efeito psicológico positivo.

Se forem consideradas as apresentações desta quarta-feira, a balança pende para o lado do Werder Bremen. A "fábrica de gols", como a equipe vem sendo chamada pela imprensa alemã, funcionou de novo: Klose marcou de cabeça seu primeiro gol no returno logo aos 15min e Hugo Almeida fechou o placar no final do segundo tempo.

Enquanto o Werder venceu fora de casa e jogando de forma convincente, o Schalke penou para superar o Alemannia Aachen em Gelsenkirchen – e isso que os visitantes estavam sem o seu principal jogador, Jan Schlaudraff. A vitória só veio com um gol contra de Sichone, aos 30min finais. O primeiro gol do Schalke foi brasileiro: Rafinha cobrou pênalti aos 23min.

"Duas vitórias no início do returno são muito importantes para enfrentar o Werder Bremen no domingo", afirmou o meia Kevin Kuranyi. As duas equipes irão desfalcadas para o jogo: Rafinha, do Schalke, e Torsten Frings, do Bremen, receberam o quinto cartão amarelo e ficarão fora do clássico.

Stuttgart sobe, Bayern cai

Bundesliga Fußball 19. Spieltag FC Schalke 04 gegen Alemannia Aachen

Lincoln (d), do Schalke, e Matthias Lehmann, do Aachen

Já o Bayern vê o primeiro lugar ficar cada vez mais distante. O empate em 0 a 0 com o Bochum, 15º colocado, numa partida disputada em Munique, colocou os bávaros na quarta colocação. O Stuttgart, que derrotou o Arminia Bielefeld por 3 a 2 com um gol brasileiro, marcado por Cacau, ocupa agora a terceira colocação.

No outro extremo da tabela, o Mainz venceu o Dortmund por 1 a 0 e passou a lanterna para o Hamburgo, que empatou em 1 a 1 com o Energie Cottbus. O Gladbach empatou sem gols em casa com o Nürnberg e ocupa a 17ª colocação.

Já o resultado mais espetacular da rodada foi a goleada do Hannover sobre o Hertha Berlim por 5 a 0. O destaque da partida foi o zagueiro brasileiro Vinícius, autor dos dois primeiros gols.

Leia mais